Machado acusa ICNF de forçar autarquias a comprar mapas

Machado acusa ICNF de forçar autarquias a comprar mapas

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

O Plano de Emergência contra Incêndios de Coimbra não está homologado pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) como era suposto. Manuel Machado diz que há um desentendimento entre a autarquia e a entidade que, acusa, de querer “forçar os municípios a comprar cartografia que entende”.

O assunto foi ontem abordado na reunião do executivo municipal depois do vereador José Belo ter questionado se Coimbra tem ou não tem um plano contra fogos.

“A Câmara tem um plano municipal de emergência, incluindo no segmento florestal”, respondeu o autarca. A questão é que o documento tem o voto desfavorável do representante do ICNF, disse, explicando que em causa está a cartografia utilizada.

Informação completa na edição impressa

Comente este artigo
Anterior Opinião – Os fenómenos naturais e as suas perversões
Próximo Opinião – Ainda acerca dos últimos incêndios florestais ( 2 )

Artigos relacionados

Nacional

Governo aprova novos projetos de regadio no Alentejo, em investimento de 560M €

[Fonte: Rádio Campanário] O Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, visitou hoje o Perímetro de Rega de Veiros, […]

Sugeridas

Vencedores do VI Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola anunciados em evento sobre inovação – 2 de dezembro – Lisboa

Realiza-se a 2 de Dezembro, no Auditório da Reitoria da Universidade Nova de Lisboa, a cerimónia de entrega dos galardões aos vencedores da sexta edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola. […]

Sugeridas

Linha de crédito de mil milhões de euros para agricultores europeus já comprometida a 95%

No início de Dezembro, já estavam comprometidos 95% dos cerca de mil milhões de euros de uma linha de crédito suportada pelo Banco Europeu de Investimento (BEI). […]