Machado acusa ICNF de forçar autarquias a comprar mapas

Machado acusa ICNF de forçar autarquias a comprar mapas

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

O Plano de Emergência contra Incêndios de Coimbra não está homologado pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) como era suposto. Manuel Machado diz que há um desentendimento entre a autarquia e a entidade que, acusa, de querer “forçar os municípios a comprar cartografia que entende”.

O assunto foi ontem abordado na reunião do executivo municipal depois do vereador José Belo ter questionado se Coimbra tem ou não tem um plano contra fogos.

“A Câmara tem um plano municipal de emergência, incluindo no segmento florestal”, respondeu o autarca. A questão é que o documento tem o voto desfavorável do representante do ICNF, disse, explicando que em causa está a cartografia utilizada.

Informação completa na edição impressa

Comente este artigo
Anterior Opinião – Os fenómenos naturais e as suas perversões
Próximo Opinião – Ainda acerca dos últimos incêndios florestais ( 2 )

Artigos relacionados

Eventos

Citrinos. AlgarOrange e Cothn fazem balanço de campanha – 26 de junho – Loulé

O Cothn e a AlgarOrange vão realizar um balanço de campanha dos citrinos no próximo dia 26 de junho, no auditório do Nera, em Loulé. […]

Últimas

Interpoma China 2019 em Xangai

Na terceira edição, a Interpoma China muda para o International Expo Center, em Xangai, e tem lugar de 15 a 17 de Abril, […]

Nacional

Projeto europeu recupera práticas tradicionais de pastoreio para prevenir fogos

Na zona transmontana do Romeu, em Mirandela, está em curso uma das oito experiências do projeto apresentada hoje à comunicação social e que envolve ovinos da Raça Churra Galega Bragançana, […]