Live: Soluções Inovadoras de Base Microbiana na proteção do Olival

No recente Pacto Ecológico Europeu, aprovado pela Comissão Europeia, foram traçadas várias estratégias que visam a proteção da biodiversidade e construção de uma cadeia alimentar sustentável.

Algumas das metas a atingir inclui a redução em 50% do uso de pesticidas de origem química até 2030, e o aumento das práticas agroecológicas.

Nesta comunicação vão ser abordadas as principais doenças que afetam a oliveira na região de Trás-os-Montes, com indicação dos seus agentes causais, e os principais aspetos do seu ciclo de vida e epidemiologia. Finalmente, será focado os principais meios de luta contra estas doenças. Neste âmbito, será dado maior ênfase aos métodos de luta biológica com recurso a soluções inovadoras que contribuam para uma olivicultura mais sustentável e amiga do ambiente.

Comente este artigo
Anterior Incêndios: Projeto quer partilha de decisões na gestão e proteção das matas litorais
Próximo Os guardiões das florestas

Artigos relacionados

Últimas

Câmara de Proença-a-Nova defende criação de rede europeia de territórios resineiros


O presidente da Câmara de Proença-a-Nova, João Lobo, defendeu a criação de uma rede europeia de territórios resineiros, como forma de criar uma estratégia comum e colocar o setor na Política Agricola Comum. […]

Últimas

“Vamos ser outra vez campeões do mundo em qualidade e produção de tomate”

Durante a campanha do tomate, a Sugal emprega cerca de mil trabalhadores. O Ministro da Economia fez uma visita guiada à fabrica de Benavente. […]

Últimas

Apresentado Plano Regional de Eficiência Hídrica do Algarve

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, e o Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, participaram hoje, no Algarve, na apresentação do Plano Regional de […]