Live: Proteção contra a traça da Oliveira e Pragas secundárias do Olival

Das mais de duas centenas e meia de espécies de fitófagos atualmente conhecidas, apenas uma minoria causa habitualmente prejuízo no conjunto das regiões olivícolas, sendo, por isso, incluídas no grupo das designadas pragas principais, onde se inclui a traça-da-oliveira (Prays oleae). Contudo existem outras, como o caruncho da oliveira (Phloeotribus scarabaeoides) , algodão da oliveira ( Euphyllura olivina ), euzofera (Euzophera pinguis) , traça-verde (Palpita unionalis) e cochonilha negra (Saissetia oleae) entre outros, que, localmente em determinadas circunstâncias podem assumir importância econômica, pelo que, são designadas pragas secundárias.

Comente este artigo
Anterior Sales of pesticides in the EU down by 6% in 2019
Próximo PRR: Barragem do Pisão no Alentejo com 120ME na versão final enviada a Bruxelas

Artigos relacionados

Últimas

Webinar: Melhoramento genético Florestal – 19 de novembro

Desde Portugal até à Nova Aquitânia, as florestas de coníferas representam uma grande importância ecológica, social e económica, encontrando-se ameaçadas devido a alterações […]

Últimas

Inseminação Artificial em Suiniculturas Familiares – uma rotina possível – 22 de Agosto – Alcobaça

A Associação de Agricultores da Região de Alcobaça organiza workshop subordinado ao tema da inseminação artificial em suiniculturas.
O workshop decorra pelas 16h, […]

Nacional

Pedrógão Grande: Comissão do Revita prossegue análise do despacho do Ministério Público

O coordenador da Comissão Técnica (CT), o engenheiro Mendes Lopes, chefe de divisão da Câmara de Figueiró dos Vinhos, optou por não fazer declarações à […]