Live: Conservação do Lince-Ibérico – A Fronteira como Área de Expansão Natural da Espécie

O objetivo deste Webinar é dar a conhecer o trabalho realizado no âmbito do projeto PRO-IBERLINX (EP-INTERREG V A Espanha Portugal (Poctep) – “Proteção e Conservação do lince Ibérico”, que teve início em 2015, e que visa a consolidação das relações transfronteiriças, entre Espanha e Portugal, através do desenvolvimento de ações de gestão e melhoria do habitat para a reintrodução do Lince-Ibérico, numa área de cooperação de 623.000 hectares, que abrange as áreas de Rede Natura 2000 inseridas nos concelhos de Moura, Barrancos, Silves, Monchique, e os municípios espanhóis de Valencia de Mombuey, Oliva de La Frontera e Junta de Extremadura.

A EDIA, como Beneficiário Principal, coordenou a parceria constituída pelas seguintes entidades: Águas do Algarve S.A.; Herdade da Contenda, E.M.; Ayuntamiento de Valencia del Mombuey; Ayuntamiento de Oliva de La Frontera; Câmara Municipal de Barrancos e Dirección General de Medio Ambiente (DGMA)-Consejería de Medio Ambiente y Rural, Políticas Agrarias y Território Junta de Extremadura.

Comente este artigo
Anterior “O InnovPlantProtect não é um projeto, é uma instituição de caráter definitivo”
Próximo Valorfito distingue os melhores no sector agrícola, num ano em que se registou um aumento na taxa de retoma para 44%

Artigos relacionados

Nacional

Fresh-52 não desiste das cenouras bebés em Almeirim e volta a pedir apoios públicos

A AICEP anunciou a resolução do contrato de investimento com a Fresh-52, que previa a construção de uma unidade de produção de cenouras bebés em Almeirim. No entanto, a empresa […]

Candidaturas e pagamentos

PDR2020 em números: o PDR em 2020

Consulte ainda os mapas de monitorização do Programa […]

Últimas

Executivo propõe reforço do PRORURAL+ devido a elevado número de candidaturas

O Governo dos Açores vai propor à Comissão Europeia a revisão do PRORURAL+ de modo a possibilitar a abertura de novas candidaturas à medida de manutenção da extensificação pecuária aos agricultores que terminaram os compromissos em 2016. […]