Junker diz não à revisão da diretiva das aves e habitats

Junker diz não à revisão da diretiva das aves e habitats

[Fonte: Jornal Económico]  A Comissão Europeia confirma que as diretivas Aves e Habitats da UE serão mantidas inalteradas após uma campanha promovida por várias ONGAs europeias que conseguiu uma participação recorde dos cidadãos europeus.

A Coligação C6, que integra as maiores Associações de Defesa do Ambiente portuguesas e é constituída pelo GEOTA, FAPAS, LPN, Quercus, SPEA e WWF Portugal, considera que agora é necessário reforçar a implementação das diretivas.

O Presidente Juncker e a sua Comissão confirmaram hoje que as diretivas da proteção da natureza na UE – as Diretivas Aves e Habitats – serão salvas e não revistas e enfraquecidas, pondo fim a dois anos de incerteza sobre o seu futuro. A Comissão Europeia promete ainda um plano para implementar e fazer cumprir melhor essas diretivas.

Domingos Leitão, coordenador da C6, afirma que “para transformar esta decisão numa verdadeira vitória para a natureza, é necessário apresentar propostas para implementar e fazer cumprir as diretivas Aves e Habitats.” Nomeadamente, “mais fundos para a conservação da natureza e para a gestão da Rede Natura, e melhores leis e políticas nos sectores da agricultura, caça, pesca, energia, transportes e ordenamento do território”.

Comente este artigo
Anterior Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos lança Azeite Virgem Extra Premium
Próximo Second generation biofuels is not for tomorrow…

Artigos relacionados

Dossiers

Vespa do castanheiro: a outra calamidade que está a arrasar a região transmontana

A vespa da galha do castanheiro está a instalar-se em força nos soutos do interior norte e centro do país. Detetada em Portugal há seis anos, na região […]

Notícias florestas

​Portugal vai ter novo plano contra incêndios

Veja também:

Depois de ter estado na equipa que preparou uma proposta, após os trágicos incêndios de 2003-2005, de um plano de defesa da floresta contra incêndios, […]

Notícias florestas

Produtores florestais pedem adiamento do prazo para limpeza de terrenos

Produtores florestais pediram, esta quarta-feira, o adiamento para o final de abril do limite para a limpeza de terrenos sem multa aos proprietários, […]