Joaquim Cabeça: desafios para a alimentação e agricultura mundiais

Joaquim Cabeça: desafios para a alimentação e agricultura mundiais

[Fonte: Anipla]

A percepção sobre os desafios para a alimentação e agricultura mundiais, dentro e fora do sector.

Portugal é, no espaço europeu, o país que apresenta maior consumo per capita de arroz.

Esta semana falámos com Joaquim Cabeça, da Associação de Orizicultores de Portugal (AOP), Diretor de Serviços da Benagro e Diretor do Centro Operativo e Tecnológico do Arroz (CotArroz). Alentejano convicto, Joaquim Cabeça trabalhou desde sempre ao serviço da agricultura em Portugal.

Preocupado com a inibição da utilização dos produtos fitofarmacêuticos, o secretário da AOP constata “Não temos nenhum outro tipo de soluções”.

Perante este cenário, Joaquim Cabeça foi firme ao partilhar que “Se não houver possibilidade da utilização de produtos fitofarmacêuticos não é possível produzir arroz, e isso é uma certeza clara que a associação tem neste momento”.

Assista à entrevista aqui.

 

Comente este artigo
Anterior EU agriculture policy diary: the week ahead (June 12-16)
Próximo Los comerciantes de cereales prevén que la cosecha caiga un 30% por la sequía

Artigos relacionados

Sugeridas

Filho de agricultor, agricultor será. Agora, ainda, com mais orgulho

[Fonte: Anipla – fitotema]
Ser agricultor ou trabalhar na agricultura é cada vez mais um motivo de orgulho. Incluída no tão falado empreendedorismo, esta atividade é cada vez mais vista como um possível negócio de sucesso. Tendo a sua base na família, os jovens empreendedores agricultores mostram uma grande vontade de usar novos processos, […]

Últimas

Produtores de gado têm novas regras de indemnização por prejuízos atribuídos ao lobo

[Fonte: Agricultura e Mar]
O ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas informa que há um novo mecanismo de indemnização por prejuízos atribuídos ao lobo.
Assim, se é proprietário ou criador de gado é importante saber que, desde dia 1 de Janeiro de 2018, […]

Noticias mercados

Produtores de leite preocupados com preço do leite acusam Governo de “inoperância”

[Fonte: Agricultura e Mar]
A APROLEP — Associação dos Produtores de Leite de Portugal está preocupada com o futuro do sector. Diz que Portugal é o País da União Europeia com o menor preço pago ao produtor. Em Outubro o preço médio na Europa foi de 0,374€ por litro contra os 0,308€ verificados no nosso País. […]