Joaquim Cabeça: desafios para a alimentação e agricultura mundiais

Joaquim Cabeça: desafios para a alimentação e agricultura mundiais

[Fonte: Anipla]

A percepção sobre os desafios para a alimentação e agricultura mundiais, dentro e fora do sector.

Portugal é, no espaço europeu, o país que apresenta maior consumo per capita de arroz.

Esta semana falámos com Joaquim Cabeça, da Associação de Orizicultores de Portugal (AOP), Diretor de Serviços da Benagro e Diretor do Centro Operativo e Tecnológico do Arroz (CotArroz). Alentejano convicto, Joaquim Cabeça trabalhou desde sempre ao serviço da agricultura em Portugal.

Preocupado com a inibição da utilização dos produtos fitofarmacêuticos, o secretário da AOP constata “Não temos nenhum outro tipo de soluções”.

Perante este cenário, Joaquim Cabeça foi firme ao partilhar que “Se não houver possibilidade da utilização de produtos fitofarmacêuticos não é possível produzir arroz, e isso é uma certeza clara que a associação tem neste momento”.

Assista à entrevista aqui.

 

Comente este artigo
Anterior EU agriculture policy diary: the week ahead (June 12-16)
Próximo Los comerciantes de cereales prevén que la cosecha caiga un 30% por la sequía

Artigos relacionados

Sugeridas

Gonçalo Andrade (presidente da Portugal Fresh)

[Fonte: Voz do Campo]
Principal mercado das frutas e legumes continua a ser o espanhol, mas de olhos postos na China
A Portugal Fresh surgiu em 2010 quando o setor das Frutas, Legumes e Flores representava 780 milhões de euros só em exportações. […]

Nacional

Agricultores querem Governo a atenuar consequências de “seca fora do vulgar”

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) solicitou nesta sexta-feira que no Orçamento do Estado para 2018 (OE2018) estejam consagradas medidas para fazer face ao período de “seca fora do vulgar”.

Últimas

2° Atelier de Inovação – Workshop da Floresta

Dia 27 de Junho irá realizar-se o segundo workshop com o tema da floresta, no Grande Hotel de Luso (Mealhada). Este é um workshop de um dia, destinado a equipas de projetos de inovação que irá incidir sobre as seguintes temáticas: (i) performance de equipa (ii) desenho da proposta de valor e (iii) comunicação e disseminação. […]