IVDP informa sobre os apoios ao Douro Vinhateiro

IVDP informa sobre os apoios ao Douro Vinhateiro

O Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, IP (IVDP, IP) tem por missão certificar, controlar, promover, defender e proteger as denominações de origem e indicação geográfica da Região Demarcada do Douro (RDD). Em 2019, com um volume de negócios de cerca de 571 milhões de euros (+2,4 %), as vendas de vinhos da RDD com DOP/IGP atingiram um novo recorde, com a contribuição do vinho do Porto (379 milhões de euros; +2,8 %) e do vinho do Douro (175 milhões de euros; +2,5 %). Com efeito, depois de 8 anos consecutivos de diminuição da quantidade exportada de vinho do Porto, em 2019 verificou-se um aumento de 1,2 %, enquanto em valor o crescimento foi ainda mais acentuado (+2,8 %), o que significa que não só foram exportadas mais garrafas, como o foram a um preço médio mais elevado (+1,5 %).

Assim sendo o IVDP, IP continua a apostar:

(i) no reforço das ações de promoção dos Vinhos da Região Demarcada do Douro, quer em mercados tradicionais e já consolidados, quer em mercados emergentes que começam a revelar-se promissores e onde existe muito espaço de crescimento para os vinhos do Douro e do Porto, não esquecendo o mercado nacional, principalmente numa vertente mais moderna, de produtos diferenciados e de qualidade elevada; e no

ii) forte incremento da defesa das Denominações Douro e Porto, num mundo cada vez mais global e em constante mudança e evolução, com múltiplas e variadas ofertas, mas em que denominações já consolidadas e tradicionais como “Porto” pelo valor económico que representam, são, cada vez mais, alvo de uso abusivo.

Ao mesmo tempo, no contexto desta pandemia o Presidente do IVDP, IP, enquanto líder, do Conselho Interprofissional do IVDP, IP, tem acompanhado e articulado com o Ministério da Agricultura todas as medidas de apoio ao setor vitivinícola no plano nacional e europeu. Deste esforço nacional resultaram já a criação de um conjunto de medidas (destilação e armazenamento) cujo valor de apoio ascende a 15 M€.

Do mesmo modo encontram-se, ainda, em fase de construção medidas adicionais de apoio à RDD atendendo à especificidade da região e dos seus vinhos. Ao mesmo tempo e com o objetivo de mitigar as consequências decorrente deste surto epidemiológico mundial, o IVDP, IP aumentou este ano, também, o investimento na promoção das DOP Porto e DOP Douro em cerca de 375 000 € atingindo agora um total de 2 065 135 €.

O IVDP, IP, representante do Estado e do Ministério da Agricultura na RDD e garante do equilíbrio Interprofissional continua apostado em envidar todos os esforços, no sentido de mitigar os efeitos desta pandemia ao nível de toda a fileira, culminando na declaração de vindima a ocorrer em julho próximo, respeitando e apelando, por isso, ao diálogo e concertação das respetivas profissões representadas naquele órgão. Destacamos, ainda, a nomeação recente e funcionamento do Conselho Consultivo do IVDP, IP.

Por fim, o IVDP, IP continuará empenhado em contribuir para o desenvolvimento, crescimento e sustentabilidade económica, social e ambiental de todo o Alto Douro Vinhateiro, classificado pela UNESCO como património mundial da Humanidade.

Comente este artigo
Anterior Incêndios: Fogo no Algarve dominado mas dispositivo segue no terreno para responder a “reativações”
Próximo Faça Chuva Faça Sol - T.3 Ep.16

Artigos relacionados

Sugeridas

Candidaturas abertas para a Academia do Centro de Frutologia Compal

Pela sétima edição consecutiva, a Academia do Centro de Frutologia Compal (CFC) vai voltar a seleccionar 12 empresários frutícolas e atribuir três bolsas de instalação, […]

Fitotema

Estenfiliose da pereira: como está a região Oeste a lidar com a doença?

Entrevistamos Rui Maia de Sousa, investigador do INIAV e coordenador da Estação de Fruticultura Vieira da […]

Opinião

Independência Energética na Agricultura – José Pedro Salema

Uma agricultura verdadeiramente sustentável é hoje ainda uma utopia para muitos mas não só é possível como será essencial e obrigatório […]