Infografia enviada pela Autoridade Tributária sobre limpeza da floresta

Infografia enviada pela Autoridade Tributária sobre limpeza da floresta

Limpeza de Florestas

 

Comunicação do Ministério da Administração Interna e do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.

Antes que seja tarde, antes que o atinja a si, limpe o mato 50 metros à volta da sua casa e 100 metros nos terrenos à volta da aldeia.

Até 15 de março é obrigatório e vital.

É obrigatório:

  • Limpar o mato e cortar árvores:
  • 50 Metros à volta das casas, armazéns, oficinas, fábricas ou estaleiros;
  • 100 Metros nos terrenos à volta das aldeias, parques de campismo, parques industriais, plataformas de logística e aterros sanitários;
    • Limpar as copas das árvores 4 metros acima do solo e mantê-las afastadas pelo menos 4 metros umas das outras;
    • Cortar todas as árvores e arbustos a menos de 5 metros das casas e impedir que os ramos cresçam sobre o telhado;

Se não o fizer até 15 de março, pode ser sujeito a processo de contraordenação. As coimas podem variar entre 140 a 5 mil euros, no caso de pessoa singular, e de 1500 a 60 mil euros, no caso de pessoas coletivas.

E este ano são a dobrar.

Até 31 de maio, as Câmaras Municipais podem substituir-se aos proprietários na limpeza do mato. Os proprietários são obrigados a permitir o acesso aos seus terrenos e a ressarcir a Câmara do valor gasto na limpeza.

É Importante:

  • Mantenha-se informado do risco de incêndio na sua área de residência
  • Verifique se o sistema de rega e mangueiras funcionam
  • Limpe telhados e coloque rede de retenção de fagulhas na chaminé
  • Mantenha afastados da casa e edificações:
  • Sobrantes da exploração agrícola ou florestal
  • Pilhas de lenha
  • Botijas de gás ou outras substâncias explosivas

É vital:

A vida da sua família e a segurança dos seus bens dependem do seu gesto.

Para mais informações ligue 808 200 520

Portugal sem fogos está nas mãos de todos.

Esta informação, não dispensa a consulta do DL n.º 124/2006, de 28 de Junho, na sua redação atual.

Comente este artigo
Anterior Seguro de Colheitas no Olival - Rita Braz Frade
Próximo Exportadores agro-alimentares temem falta de água

Artigos relacionados

Nacional

Urso-pardo já terá abalado para terras espanholas

[Fonte: Expresso]

O jovem macho de urso-pardo oriundo da Cordilheira Cantábrica, que passeou pelas Terras Frias Transmontanas entre finais de abril e meados da semana passada, já deve ter regressado “a casa”. Os técnicos do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) “deixaram de encontrar vestígios da sua presença”, […]

Comunicados

Estudo mostra como reduzir os impactes ambientais das embalagens farmacêuticas

A aposta no ecodesign permitiria à indústria farmacêutica reduzir até cinco vezes os impactes ambientais do ciclo de vida das embalagens de medicamentos, indicam os primeiros resultados de um estudo pioneiro em curso na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC).
Intitulado “Avaliação de Ciclo de Vida e Ecodesign de Embalagens de Medicamentos”, […]

Nacional

Mais de 200 médicos disponibilizam-se para ajudar populações em Pedrógão Grande


Mais de 200 médicos disponibilizaram-se para ajudar populações nos centros de saúde de Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, informou o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM).
Carlos Cortes lançou o apelo na segunda-feira, nas redes sociais e através de um e-mail endereçado a nove mil médicos da região Centro, […]