Incêndios. Quercus lamenta baixa execução de Plano de Desenvolvimento Rural

Incêndios. Quercus lamenta baixa execução de Plano de Desenvolvimento Rural

A associação ambientalista Quercus apontou hoje a “baixa execução financeira” das medidas previstas no Plano de Desenvolvimento Rural (PDR) para proteger a floresta portuguesa de fogos como os que assolaram os distritos de Santarém e Castelo Branco.

A Quercus “solidariza-se com os cidadãos e as organizações que participaram no combate a estes incêndios” e apela às autoridades portuguesas para investirem mais na floresta.

A associação considera que os números “são esclarecedores e desapontantes”, como os 37% de investimento público nacional de execução no item de prevenção da floresta contra agentes bióticos e abióticos, incluindo incêndios e 22% na melhoria da resiliência e valor ambiental da floresta.

Na instalação de sistemas agroflorestais, registou-se “uma taxa de execução dececionante de apenas 12%”, um de vários fatores no PDR, vigente entre 2014 e 2020, que têm “consequências óbvias e negativas na floresta portuguesa”.

Continue a ler este artigo no SAPO 24.

Comente este artigo
Anterior Incêndios. Situação estabilizada em Vila de Rei e Mação mas Proteção Civil coloca “reservas” para esta tarde
Próximo Exportação para os Emirados Árabes Unidos de Bovinos

Artigos relacionados

Últimas

Portugal participa em Estudo na ”Arca de Noé Mundial”

O Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV) integra um estudo a realizar na Arca de Noé Mundial – Svalbard Seed Vault no Polo Norte, que visa avaliar viabilidade e qualidade de sementes durante os 100 anos de duração […]

Últimas

Petição europeia quer medidas para salvar abelhas e agricultores

Uma petição lançada por mais de cem associações europeias e que já foi assinada por mais de 270 mil europeus pede à Comissão Europeia medidas […]

Nacional

Governo apresenta apoios extraordinários para setor do vinho na 6.ª feira

O Governo vai apresentar, na sexta-feira, um pacote extraordinário de apoios para o setor do vinho, face ao impacto da pandemia de covid-19, estando a avaliar a possibilidade de um […]