Incêndios. Quercus lamenta baixa execução de Plano de Desenvolvimento Rural

Incêndios. Quercus lamenta baixa execução de Plano de Desenvolvimento Rural

[Fonte: SAPO 24]

A associação ambientalista Quercus apontou hoje a “baixa execução financeira” das medidas previstas no Plano de Desenvolvimento Rural (PDR) para proteger a floresta portuguesa de fogos como os que assolaram os distritos de Santarém e Castelo Branco.

A Quercus “solidariza-se com os cidadãos e as organizações que participaram no combate a estes incêndios” e apela às autoridades portuguesas para investirem mais na floresta.

A associação considera que os números “são esclarecedores e desapontantes”, como os 37% de investimento público nacional de execução no item de prevenção da floresta contra agentes bióticos e abióticos, incluindo incêndios e 22% na melhoria da resiliência e valor ambiental da floresta.

Na instalação de sistemas agroflorestais, registou-se “uma taxa de execução dececionante de apenas 12%”, um de vários fatores no PDR, vigente entre 2014 e 2020, que têm “consequências óbvias e negativas na floresta portuguesa”.

Comente este artigo

O artigo Incêndios. Quercus lamenta baixa execução de Plano de Desenvolvimento Rural foi publicado originalmente em SAPO 24.

Anterior “Nas próximas 36 horas, o dispositivo não desarma”, diz Proteção Civil sobre fogos florestais
Próximo Exportação para os Emirados Árabes Unidos de Bovinos

Artigos relacionados

Nacional

Incêndios: Proteção Civil diz que golas servem só para retiradas rápidas das populações

[Fonte: SAPO 24]

“Quero passar uma mensagem de tranquilidade junto das aldeias: é que estes equipamentos servem sobretudo para uma proteção temporária, num movimento que se espera que seja rápido, e não nunca para enfrentar um incêndio florestal”, disse à RTP a segunda comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), […]

Nacional

António Almeida reuniu com secretário geral da CAP

[Fonte: Açoriano Oriental]

O deputado do PSD/Açores António Almeida reuniu, em Lisboa, com o secretário geral da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), Luís Mira, para avaliar o impacto das decisões da União Europeia no âmbito das negociações da reforma da Política Agrícola Comum. […]

Internacional

Castilla y León, La Rioja, Galicia, las CCAA abren los plazos para solicitar las ayudas de la PAC 2019

[Fonte: Agroinformacion – PAC]
Comienza febrero y con él la gran mayoría de las Comunidades Autónomas abre el periodo de solicitudes de la PAC 2019, que llegará con numerosas novedades.
En Castilla y león, en torno a 70.000 solicitudes únicas espera recibir la Consejería de Agricultura y Ganadería hasta el 30 de abril, […]