Incêndios: PSP detém em flagrante suspeito de fogo posto em Évora

Incêndios: PSP detém em flagrante suspeito de fogo posto em Évora

Um homem, de 25 anos, foi detido em flagrante delito pela PSP, na zona de Évora, por crime de incêndio florestal, revelou hoje aquela força policial.

O Comando Distrital de Évora da PSP, em comunicado enviado à agência Lusa, indicou que o suspeito foi detido na quarta-feira, por agentes da Esquadra de Investigação Criminal, quando “ateava fogo a uma zona de mato”, junto à Estrada Nacional 114, que faz a ligação entre Évora e Montemor-o-Novo.

Segundo a polícia, o homem é suspeito de ser o autor de mais dois incêndios que deflagraram no mesmo dia, em zona de mato, no Alto de São Bento, em Évora.

Ao suspeito foram apreendidos vários objetos relacionados com o ilícito, nomeadamente diversos tipos de acendalhas, isqueiro e maços de lenços de papel utilizados para proceder à ignição de incêndio.

No comunicado, a PSP adiantou que, relativamente aos fogos alegadamente ateados pelo homem, os bombeiros extinguiram as chamas, tendo os incêndios queimado cerca de um hectare de árvores e pasto.

O suspeito vai ser presente hoje a tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

Comente este artigo
Anterior Projeto de investigação sobre regimes de certificação agrícola para a agricultura sustentável
Próximo Cotações – Produtos Hortícolas – 14 a 20 de junho 2021

Artigos relacionados

Blogs

Produtividade florestal e diversidade: o perfil único da floresta portuguesa

Com valores elevados de produtividade potencial e uma das maiores percentagens de floresta protegida na Europa, as florestas portuguesas apresentam características favoráveis à produção e […]

Blogs

A Comissão Europeia lança uma Iniciativa no domínio da agricultura de carbono para contribuir para a luta contra as alterações climáticas

A Comissão publicou hoje o relatório final de um estudo sobre a forma de criar e aplicar a agricultura de carbono na UE. Com base neste estudo e noutros trabalhos preparatórios, a […]

Nacional

Governo vai pagar a proprietários para mudar floresta portuguesa

Ministério do Ambiente e da Acção Climática vai ter um fundo compensatório para os proprietários florestais que aceitem, por exemplo, trocar eucaliptos por árvores de rendimento económico mais demorado. […]