Incêndios: Polícia Judiciária detém ex-bombeiro suspeito de atear fogo em Condeixa-a-Nova

Incêndios: Polícia Judiciária detém ex-bombeiro suspeito de atear fogo em Condeixa-a-Nova

O Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Coimbra colaborou na investigação que conduziu à detenção do homem, acusado de ter usado “chama direta” para iniciar um incêndio numa zona florestal de eucaliptos e mato, junto a uma central fotovoltaica e próximo de habitações.

O incêndio consumiu uma área de 1.500 m2 e teria tido “proporções mais gravosas”, caso “não tivesse havido uma rápida intervenção dos bombeiros”, relatam as autoridades.

“A atuação do suspeito colocou em perigo a integridade física e a vida de pessoas, bem como habitações, a grande mancha florestal e a central fotovoltaica”, refere a PJ de Coimbra.

O detido foi presente hoje a um primeiro interrogatório judicial, tendo sido sujeito à medida de coação de prisão preventiva.

Continue a ler este artigo no SAPO 24.

Comente este artigo
Anterior Balanço Faunos: 44 patrulhas vigiam 46000 km por semana
Próximo Atenção: Inspeção obrigatória de pulverizadores

Artigos relacionados

Notícias mercados

Isabel Estrada Carvalhais: “Covid-19 continua a ter repercussões muito negativas no mercado da carne”

A eurodeputada portuguesa, Isabel Estrada Carvalhais, eleita pelo Partido […]

Nacional

Vacas lideram aumento das emissões de metano em Portugal

[Fonte: TSF] A agricultura destronou os resíduos e passou a ser a principal fonte de metano, um dos gases com mais efeitos de estufa. […]

Últimas

How speech recognition techniques are helping to predict volcanoes’ behaviour

Dr Luciano Zuccarello grew up in the shadow of Mount Etna, an active volcano on the Italian island of Sicily. Farms and orchards ring the lower slopes of the volcano, […]