Incêndios: Parlamento trava multas a duplicar para quem não limpe matas

Incêndios: Parlamento trava multas a duplicar para quem não limpe matas

O parlamento aprovou hoje, em votação final global, um projeto de lei do Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) para travar a duplicação das multas a quem não limpar as matas, devido à situação de pandemia no país.

O diploma do PEV, apresentado em fevereiro, foi aprovado com os votos do PS, PSD, BE, PCP, CDS, PAN, PEV, Chega e das duas deputadas não independentes Joacine Katar Moreira e Cristina Rodrigues. O deputado da Iniciativa Liberal absteve-se.

O projeto dos Verdes, hoje aprovado, vai impedir a duplicação do valor das multas que atualmente variam entre os 280 euros e os 10.000 euros para uma pessoa singular e entre 1.600 euros e 120.000 euros para pessoas coletivas (empresas).

Após os incêndios de 2017, inclusive Pedrógão Grande, o Governo criou o Regime Excecional das Redes Secundárias de Faixas de Gestão de Combustível, inserido desde 2018 nos Orçamentos do Estado, em que valor mínimo das coimas foi fixado.

Na prática, o que o projeto do PEV faz é revogar a norma da lei do Orçamento do Estado de 2021 que previa que “são aumentadas para o dobro” o valor das coimas nestes casos.

Comente este artigo
Anterior Plano Estratégico da PAC deverá apoiar mais os jovens agricultores
Próximo Israel é o primeiro país a proibir o comércio de peles de animais para moda

Artigos relacionados

Nacional

MAI diz que responsabilidade do combate aos incêndios cabe a todos

“A responsabilidade é mesmo de todos e, por isso, o que nós [Governo] olhamos com muita confiança é que temos, quando o combate está […]

Nacional

Portugal entre os 30 países mais sustentáveis do mundo, de acordo com a ONU

Portugal está em 26º lugar num relatório feito por cientistas para a ONU sobre o desenvolvimento sustentável. O País está […]

Últimas

Os oportunistas de Odemira – Nuno de Deus Pinheiro

Conhecedores desta situação dramática, o que fizeram os políticos? Agiram única e exclusivamente por tática política. Trataram da sua imagem. […]