Incêndios: Oito meios aéreos combatem fogo de duas frentes em Alvaiázere

Incêndios: Oito meios aéreos combatem fogo de duas frentes em Alvaiázere

[Fonte: SAPO 24]

Segundo fonte do CDOS, o alerta para o fogo numa zona florestal na localidade de Melgaz, freguesia de Pussos São Pedro, em Alvaiázere, foi dado por um vigia, pelas 14:16.

“Há duas frentes ativas e não há habitações em risco”, acrescentou a mesma fonte.

No local estão oito meios aéreos, um dos quais “é apenas de reconhecimento”, disse a mesma fonte.

A página da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil referia que, às 15:10, estavam no teatro de operações 178 elementos, apoiados por 43 veículos.

Comente este artigo

O artigo Incêndios: Oito meios aéreos combatem fogo de duas frentes em Alvaiázere foi publicado originalmente em SAPO 24.

Anterior Logística e embalagem em destaque na Exponor em Setembro
Próximo Faleceu Humberto Matos, antigo vice-presidente da Câmara de Moimenta da Beira e atual presidente da Direção da Associação de Fruticultores da Beira Távora

Artigos relacionados

Nacional

​Incêndios: 24 municípios sem plano de combate atualizado

[Fonte: Rádio Renascença]

Vinte e quatro municípios do continente não têm o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI) atualizado, disse esta terça-feira no parlamento o ministro da Administração Interna, admitindo a aplicação de coimas previstas na lei.
O número foi revelado por Eduardo Cabrita durante uma audição regimental na Comissão de Ambiente, […]

Últimas

Em defesa da sustentabilidade ambiental na agricultura

[Fonte: Voz do Campo]
A iniciativa “Prémios VALORFITO 2018”,  reconhece e premeia o desempenho das entidades responsáveis pelos pontos de recolha a nível nacional.
Na sessão para atribuição dos Prémios Valorfito referentes no ano anterior, serão apresentados os resultados de desempenho do Sistema como um todo. […]

Últimas

Sapec agro apoia “horta solidária” pelo sexto ano consecutivo

A SAPEC AGRO renova pelo sexto ano consecutivo, o protocolo de cooperação com a Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, no projeto “Horta Solidária”. Esta iniciativa desafia reclusos voluntários de diversos estabelecimentos prisionais, nomeadamente Pinheiro da Cruz, Setúbal, Alcoentre, Leiria, Olhão e este ano também o de Faro, […]