Incêndios: Forças Armadas empenham 50 militares na prevenção de fogos até setembro

Incêndios: Forças Armadas empenham 50 militares na prevenção de fogos até setembro

As Forças Armadas vão empenhar diariamente a partir de hoje e até 30 de setembro 50 militares na vigilância das florestas e sensibilização da população.

Em comunicado, o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) refere que os 50 militares, 18 dos quais do Exército e quatro da Marinha, distribuídos por 22 patrulhas vão estar empenhados diariamente, até 30 de setembro, na vigilância das florestas e sensibilização da população, ao abrigo do protocolo Faunos.

Segundo o EMGFA, estas ações preventivas vão abranger 13 distritos de Portugal continental nos quais o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) tem responsabilidade.

O Protocolo Faunos, celebrado em 2017 entre as Forças Armadas Portuguesas e o ICNF, contempla a realização de patrulhas por militares das Forças Armadas na vigilância das áreas mais sensíveis da floresta e na sensibilização da população para a necessidade de adotar comportamentos adequados à prevenção dos fogos.

Os meios de combate aos incêndios são hoje reforçados, passando o dispositivo a estar na sua máxima capacidade, e durante a época mais critica em fogos, que se prolonga até 30 de setembro, vão estar no terreno 12.058 operacionais, 2.795 equipas, 2.656 veículos e 60 meios aéreos.

Comente este artigo
Anterior Estudo de cientistas do Técnico conclui que atual agricultura biológica não permitiria alimentar toda a humanidade em 2050
Próximo Como uma espécie de planta esquecida pode ser a salvação da indústria do café

Artigos relacionados

Últimas

Simpósio sobre eficiência de combustível em engenharia agrícola – 11 de novembro – Hannover

O Simpósio sobre a eficiência de combustível em engenharia agrícola, vai realizar-se na Alemanha, dia 11 de novembro de 2019 no centro de convenções no recinto de exposições de Hannover. […]

Nacional

Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola vai disponibilizar 134 milhões de euros para Moçambique

O Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) vai disponibilizar cerca de 150 milhões de dólares (cerca de 134 milhões de euros) para agricultura em Moçambique. […]

Comunicados

Exportações do Vinho com Crescimento Assinalável no Primeiro Semestre do Ano

As exportações dos vinhos portugueses tiveram, no 1º semestre de 2021, um comportamento muito positivo, registando um assinalável acréscimo […]