Incêndios. Detido suspeito de fogo florestal em Vila Pouca de Aguiar

A PJ informou, em comunicado, que o detido tem 36 anos e está “fortemente indiciado” pela prática de um crime de incêndio numa área florestal em Vila Pouca de Aguiar.

O fogo, de acordo com a polícia, ocorreu no dia 3 de maio e “consumiu área de mancha florestal constituída, maioritariamente, por carvalho e mato”.

Segundo a Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, o foco de incêndio colocou em perigo várias habitações que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros”.

O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Expresso.

Anterior Porto acolhe encontro internacional sobre leguminosas - 9 de julho - Porto
Próximo SPEA pede à AR que proíba o fabrico, posse e venda de armadilhas para aves

Artigos relacionados

Dossiers

Indústria Alimentar e Distribuição estabelecem compromissos de reformulação nutricional

A Indústria Alimentar e a Distribuição assinam hoje, dia 2 de Maio, com o Ministério da Saúde, um compromisso alargado que envolve a redução progressiva dos teores de açúcar, […]

Últimas

Casa do Douro vai ter eleições até Maio

Instituição vitivinícola duriense, que desde 1 de Janeiro voltou a associação pública, deverá ter o processo de regularização das dívidas fechado […]

Nacional

Prémios Alltech ‘Planeta de Abundância’ com candidaturas até 31 de Julho

Decorre até 31 de Julho o período de submissão de candidaturas aos Prémios Alltech ‘Planet of Plenty’ (‘Planeta de Abundância’). Esta iniciativa promovida pela empresa Alltech tem oito categorias de prémios: ‘Agricultor’, […]