Incêndio combatido por mais de 300 operacionais na Sertã obriga ao corte da EN2

Mais de 300 operacionais, apoiados por 85 viaturas e oito meios aéreos, combatiam às 17h50 um incêndio florestal na Sertã, que obrigou ao corte da Estrada Nacional (EN) 2, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

Segundo a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco, o incêndio, que deflagrou pelas 14h50, na localidade de Marmeleiro, concelho da Sertã, “está ativo e lavra com intensidade devido ao vento que se faz sentir no local”. A EN2 está cortada nos dois sentidos entre Vila de Rei e Sertã.

A fonte do CDOS de Castelo Branco disse que não há casas atingidas pelas chamas e sublinhou que, pelas 18h00, não é ainda possível confirmar se há ou não feridos. No terreno, estavam àquela hora a combater as chamas 310 operacionais, apoiados por 85 viaturas e oito meios aéreos.

O artigo foi publicado originalmente em Expresso.

Comente este artigo
Anterior O mercado do vinhos nos EUA: dados e perspetivas - 24 de outubro - Lisboa
Próximo Proibição de circular na Serra de Sintra prolongada até final de sábado

Artigos relacionados

Nacional

Candidaturas abertas ao Prémio ADVID 2019

Estão abertas até 31 de maio as candidaturas ao Prémio ADVID para os trabalhos publicados em 2019 em áreas científicas com relevante […]

Nacional

Melhores planos municipais, mudanças na lei e maior conhecimento. As recomendações do Tribunal de Contas para melhor defender a floresta

O Tribunal de Contas defendeu hoje que o Governo deve avançar com medidas administrativas para aumentar a qualidade dos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI), […]

Últimas

Greve dos motoristas. Há milhões de litros de leite em risco de serem destruídos no campo

[Fonte: Expresso] E “isso pode ser desastroso para o ambiente”, alerta a indústria de laticínios

A ANIL – […]