IFAP: Pagamentos junho 2019

IFAP: Pagamentos junho 2019

PAGAMENTOS JUNHO 2019

No dia 28 de junho de 2019, o IFAP procedeu a pagamentos* num montante total de cerca de 79 milhões de euros, dos quais se destacam os seguintes:

FEAGA

  • Regime de Pagamento Base (RPB) – 12,8 milhões de euros
  • Pagamento por Práticas Agrícolas Benéficas (Greening) — 12,6 milhões de euros
  • Regime de Pequena Agricultura (RPA) – 1,7 milhões de euros
  • Prémio por Vaca em Aleitamento – 2,9 milhões de euros
  • Prémio por Ovelha e Cabra – 1,7 milhões de euros
  • Promoção de Vinho em Mercados de Países Terceiros — 1,1 milhões de euros
  • POSEI
    • Abastecimento – 1,3 milhões de euros
    • Açores – Produções Vegetais – 1,1 milhões de euros
    • Açores – Produções Animais – 4,1 milhões de euros
    • Madeira Medida 2 – 2,2 milhões de euros
    • Madeira Medida 3 – 1,7 milhões de euros

FEADER

  • PDR 2020
    • Investimento –  23,0 milhões de euros
  • PRORURAL+
    • Investimento – 1,3 milhões de euros

FEAMP

  • MAR 2020
    • Continente –  5,8 milhões de euros

Para mais informações consulte os Calendários de Pagamentos.

* Valores previsionais.

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico.

O artigo foi publicado originalmente em IFAP.

Comente este artigo
Anterior Ministério da Agricultura paga 73 milhões de euros a agricultores
Próximo Governo vai criar linha de crédito para agricultores do Estatuto de Agricultura Familiar

Artigos relacionados

Últimas

Formação – Motosserras e Primeiros Socorros, uma parceria 2BForest/ AFEDV – Arouca – 29 de janeiro

A 2BForest, no âmbito do seu projeto “+Floresta +Segurança +Certificação”, associa-se à seu parceiro Associação Florestal Entre Douro e Vouga para promover uma formação “Operação com motoserra e Primeiros Socorros”. […]

Nacional

Produção de azeitona para azeite deve registar quebra de 20% nesta campanha

A produção de azeitona para azeite deverá registar este ano uma quebra de 20% face à campanha anterior, penalizada pelas condições meteorológicas adversas, […]

Últimas

Os novos desafios da política florestal – Eduardo Oliveira e Sousa

O presidente da CAP, Eduardo Oliveira e Sousa, lamenta que a política florestal tenha deixado de ser discutida entre os grupos profissionais envolvidos na criação e gestão da floresta. […]