Governo vai criar linha de crédito para agricultores do Estatuto de Agricultura Familiar

Governo vai criar linha de crédito para agricultores do Estatuto de Agricultura Familiar

O Governo está a preparar uma linha de crédito entre três mil a cinco mil euros por beneficiário para os agricultores que aderirem ao recém-criado Estatuto de Agricultura Familiar, avançou o ministro da Agricultura à Lusa.

Este Estatuto, criado há um ano, discrimina positivamente os agricultores aderentes, através de adoção de medidas de apoio específicas ao nível da fiscalidade, investimento, combustíveis, entre outras.

Em declarações à Lusa, no seguimento da reunião de hoje da CNAF — Comissão Nacional da Agricultura Familiar para fazer o ponto de situação deste Estatuto, o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, revelou que o Governo está a trabalhar numa linha de crédito específica, com 0% de juros, cuja implementação deverá acontecer até ao final do ano.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Correio da Manhã.

Anterior IFAP: Pagamentos junho 2019
Próximo Pedrógão Grande: Assembleia adia aplicação de 360 mil euros de donativos

Artigos relacionados

Últimas

Fogos em Águeda e Albergaria-a-Velha levam a corte de estradas

Dois incêndios em povoamento florestal na região de Aveiro, um em Macinhata do Vouga, concelho de Águeda, e o outro em Paus, […]

Últimas

Blanco (COAG): “la mayor parte de las explotaciones agrarias no pueden soportar la subida de los costes laborales”

Miguel Blanco, secretario General de COAG.
La posible subida del Salario Mínimo Interprofesional (SMI) ha vuelto a crear polémica en el sector agrario. […]

Nacional

Pedrógão Grande. Governo promete todas as casas prioritárias reconstruídas até ao final do mês

Até ao final do mês estarão reconstruídas todas as casas prioritárias destruídas pelo incêndio de há dois anos em Pedrógão Grande, […]