Governo vai criar linha de crédito para agricultores do Estatuto de Agricultura Familiar

Governo vai criar linha de crédito para agricultores do Estatuto de Agricultura Familiar

O Governo está a preparar uma linha de crédito entre três mil a cinco mil euros por beneficiário para os agricultores que aderirem ao recém-criado Estatuto de Agricultura Familiar, avançou o ministro da Agricultura à Lusa.

Este Estatuto, criado há um ano, discrimina positivamente os agricultores aderentes, através de adoção de medidas de apoio específicas ao nível da fiscalidade, investimento, combustíveis, entre outras.

Em declarações à Lusa, no seguimento da reunião de hoje da CNAF — Comissão Nacional da Agricultura Familiar para fazer o ponto de situação deste Estatuto, o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, revelou que o Governo está a trabalhar numa linha de crédito específica, com 0% de juros, cuja implementação deverá acontecer até ao final do ano.

O artigo foi publicado originalmente em Correio da Manhã.

Comente este artigo
Anterior IFAP: Pagamentos junho 2019
Próximo Pedrógão Grande: Assembleia adia aplicação de 360 mil euros de donativos

Artigos relacionados

Comunicados

Dona Uva chega à mesa dos portugueses

Depois de meses a crescer nas regiões do Oeste e do Ribatejo, arranca hoje a colheita de uva de mesa Dona Uva. Frutalmente prevê produção de 3 […]

Últimas

Famalicão quebra isolamento para ir à feira: “Até desinfetamos com bagaço”

Centenas de pessoas foram à feira semanal de Famalicão para comprar comida. Comerciantes tinham máscaras para vender “coisinhas” da terra. […]

Nacional

Cooperativa Agrícola de Boticas premiada na Gala do Empreendedorismo e das Empresas do Alto Tâmega

A Cooperativa Agrícola de Boticas (CAPOLIB) foi premiada na categoria de “Visibilidade” na II Edição da Gala do Empreendedorismo e das Empresas do Alto Tâmega, […]