Governo vai criar linha de crédito para agricultores do Estatuto de Agricultura Familiar

Governo vai criar linha de crédito para agricultores do Estatuto de Agricultura Familiar

O Governo está a preparar uma linha de crédito entre três mil a cinco mil euros por beneficiário para os agricultores que aderirem ao recém-criado Estatuto de Agricultura Familiar, avançou o ministro da Agricultura à Lusa.

Este Estatuto, criado há um ano, discrimina positivamente os agricultores aderentes, através de adoção de medidas de apoio específicas ao nível da fiscalidade, investimento, combustíveis, entre outras.

Em declarações à Lusa, no seguimento da reunião de hoje da CNAF — Comissão Nacional da Agricultura Familiar para fazer o ponto de situação deste Estatuto, o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, revelou que o Governo está a trabalhar numa linha de crédito específica, com 0% de juros, cuja implementação deverá acontecer até ao final do ano.

Continue a ler este artigo no Correio da Manhã.

Comente este artigo
Anterior IFAP: Pagamentos junho 2019
Próximo Pedrógão Grande: Assembleia adia aplicação de 360 mil euros de donativos

Artigos relacionados

Últimas

A valorização da castanha

A cultura do castanheiro possui grande tradição na Região Autónoma da Madeira (RAM) e mantém, ainda hoje, um peso significativo na economia regional. Esta cultura encontra-se por toda a ilha, isoladamente ou em pequenos povoamentos, […]

Nacional

Elvas: Obras modernizam laboratório colaborativo na antiga Estação de Melhoramento de Plantas

A obra do Centro de Valorização e Transferência de Tecnologia (CVTT) prossegue no Instituto Nacional de Investigação Agrário e Veterinária (INIAV) Elvas, a antiga Estação de Melhoramento de Plantas. […]

Notícias cadeia alimentar