Ministério da Agricultura paga 73 milhões de euros a agricultores

Ministério da Agricultura paga 73 milhões de euros a agricultores

O Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural levou a cabo esta sexta-feira o pagamento de 73 milhões de euros aos agricultores, integrados em vários programas, de acordo com um comunicado.

“O pagamento, executado através do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP), é constituído por uma componente FEADER [Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural], no montante global de 25,5 milhões de euros, por uma componente FEAGA [Fundo Europeu de Garantia Agrícola], no montante global de 46,9 milhões de euros, e por uma componente de outros pagamentos, no valor de 650 mil euros”, revelou a tutela na mesma nota.

No âmbito do FEADER, o Ministério destaca o PDR 2020 (Programa de Desenvolvimento Rural) com quase 23 milhões de euros, o PRORURAL, nos Açores, que paga 1,3 milhões de euros e, na Madeira, o PRODERAM, com 916 mil euros.

No caso do FEAGA, em pagamentos diretos, foram pagos quase 13 milhões de euros, bem como 2,5 milhões de euros por “práticas agrícolas benéficas”, 1,1 milhões de euros pela promoção do vinho em mercados estrangeiros e, no âmbito do POSEI (Açores e Madeira), mais de 11 milhões de euros.

No passado dia 21 de junho, o Governo tinha anunciado também que iria disponibilizar, a partir de dia 24 de junho, mais três milhões de euros para apoiar investimentos de agricultores com explorações situadas em municípios em seca extrema ou severa.

“O principal objetivo desta medida é promover a mitigação dos efeitos da seca extrema e severa como fenómeno climático adverso, através do apoio a investimentos específicos nas explorações em que a escassez de água compromete o maneio do efetivo pecuário, em particular, o abeberamento dos animais e a manutenção das culturas permanentes instaladas”, indicou, em comunicado, o Ministério da Agricultura.

Para este apoio são assim elegíveis investimentos cujos montantes oscilem entre 1.000 euros e 40.000 euros.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Açoriano Oriental.

Anterior Alerta: Peste suína africana
Próximo IFAP: Pagamentos junho 2019

Artigos relacionados

Comunicados

 AJAP promove Internacionalização e Cooperação com Moçambique

A Associação dos Jovens Agricultores de Portugal (AJAP) esteve presente na 53ª edição FACIM-Feira Internacional de Maputo, em Moçambique, realizada de 28 de agosto a 3 de setembro, […]

Nacional

Novo modelo de Passaporte Fitossanitário entra em vigor a 14 de Dezembro

A Anseme — Associação Nacional dos Produtores e Comerciantes de Sementes relembra que o modelo de Passaporte Fitossanitário a utilizar no Espaço Comunitário foi sujeito a alterações dispostas no Ofício Circular n.º 29/2018 da DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária. […]

Últimas

Mação congratula-se por passo dado com plano de recuperação florestal

O presidente da câmara de Mação congratulou-se esta quarta-feira com a criação de um grupo de trabalho para elaborar o plano de transformação territorial para recuperar o município, […]