Há autarquias que continuam sem planos de defesa da floresta contra incêndios

Há autarquias que continuam sem planos de defesa da floresta contra incêndios

Já foi aprovado, mas só no final do ano é que o Plano de Defesa da Floresta Contra Incêndios da Póvoa de Lanhoso deverá entrar em vigor. A autarquia culpa a burocracia inerente ao processo pela demora na implementação do plano que começou a ser revisto há seis anos.

“Se na minha opinião é tarde? É sempre tarde, porque o plano em vigor é de 2017 e está desatualizado. Iniciámos o processo de revisão em 2013. Estamos em 2019. O processo é longo”, lamenta o vereador da Proteção Civil, André Rodrigues.

Até lá e, depois da aprovação do PDFCI em fevereiro, segue-se a discussão pública, as deliberações nos órgãos municipais (câmara e assembleia municipais) e “só, depois, é publicado em Diário da Republica e entra em funcionamento”, explica o responsável. “Em principio só no fim do ano é que entrará em vigor”.

Para trás, ficam os chumbos do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas às propostas apresentadas pelo município da Póvoa de Lanhoso. Em causa, explica André Rodrigues, esteve “a delimitação das áreas de perigosidade” impostas pelo ICNF.

“O PDFCI é importante? É. Contudo também tem de ir ao encontro das populações e não pode colocar demasiadas restrições ao que é a urbanização de um concelho”, reclama o vereador.

Nada que coloque em causa a segurança de bens e de pessoas, diz o responsável que garante que, apesar do plano não estar ainda em vigor, “a autarquia está a respeitar todas as regras”.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior Mais de 600 fogos registados na última semana
Próximo Agricultores de Pombal querem apoios para combater prejuízos causados por javalis

Artigos relacionados

Últimas

Scientists speed up the evolution of yeast to create tastier and healthier alcohol

‘All kinds of fermentation beverages start out with just some sugar solution,’ said Professor Ursula Bond, a molecular biologist at Trinity College Dublin, […]

Dossiers

Agricultores lesados pelo incêndio de Aljezur podem comunicar prejuízos

A ficha de ocorrência de prejuízos agrícolas está disponível no site da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve […]

Dossiers

Governo apela ao envolvimento das pessoas na revitalização do Pinhal Interior

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, apelou hoje na Sertã à participação das pessoas, autarquias e organizações na revitalização do Pinhal Interior e realçou que o Governo […]