Guimarães: Reflorestação da Penha arranca neste mês com espécies nativas no lugar dos eucaliptos

Guimarães: Reflorestação da Penha arranca neste mês com espécies nativas no lugar dos eucaliptos

A Câmara Municipal de Guimarães quer ver a Montanha da Penha integrada na Rede Nacional de Áreas Protegidas, enquanto Paisagem Protegida Local, e vai começar a requalificar parte da mancha verde que a reveste ainda neste mês de Janeiro. Os eucaliptos plantados nas quintas de Monchique e de Barredo, com uma área total de 18 hectares, vão ser abatidos para dar lugar a espécies autóctones como o carvalho, o sobreiro e o pinheiro-manso.

Com um custo estimado de 100.000 euros, a intervenção nos terrenos contíguos ao cemitério municipal de Monchique vai marcar o arranque da reflorestação da encosta da montanha e pode estar concluída daqui a três meses, adiantou o presidente da Câmara de Guimarães. “Espero que em Abril ou em Maio esteja já tudo feito. O departamento de Zonas Verdes vai, de imediato, começar os abates e a substituição das árvores”, afirmou Domingos Bragança após a reunião do executivo municipal desta quinta-feira.

Sustentada num parecer técnico-científico pedido pela Câmara à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, a intervenção procura, segundo o documento votado na reunião, garantir a “conservação e manutenção da biodiversidade, dos recursos em solo e água e da paisagem”. Outra das medidas contempladas na reflorestação, frisou o autarca vimaranense, é a substituição de mato por espécies com bagas para alimentar a fauna da zona, sobretudo as aves – na Penha, predominam os chapins e as trepadeiras.

As quintas de Monchique e de Barredo são propriedade da Câmara, mas Domingos Bragança quer ver o esforço de reflorestação alargado aos terrenos pertencentes a privados. “Já temos o cadastro dos proprietários. Quero toda a área da Penha requalificada”, disse.

A candidatura da montanha à rede de áreas protegidas tutelada pelo Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) arrancou precisamente há um ano. Neste momento, existem 14 áreas com o estatuto de Paisagem Protegida de âmbito local ou regional, desde o Corno do Bico, mais a norte, no concelho de Paredes de Coura, até à Rocha da Pena e à Fonte Benémola, a sul, em Loulé.

Rotas para explorar biodiversidade

A intervenção contempla igualmente a requalificação dos trilhos pedestres que já existem na zona e a criação de novos. Essas vias vão-se transformar em roteiros de exploração da biodiversidade, entre a Penha e o Parque da Cidade, no sopé da montanha. A Câmara quer os percursos dotados de tecnologias com informações relativas à fauna e à flora e já submeteu uma candidatura ao Turismo de Portugal para obter um financiamento de cerca de 350.000 euros, adiantou a vereadora municipal com o pelouro do ambiente, Sofia Ferreira, após a reunião. “A ideia é que essas rotas sejam utilizadas para lazer e para desporto, mas tenham também um fim turístico”, acrescentou.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Público.

Anterior Adiamento do Quadro Financeiro Plurianual e impacto na reforma da PAC
Próximo Governo paga ajudas da PAC aos agricultores

Artigos relacionados

Últimas

ADP Fertilizantes no sucesso do Vinho Conde D’Ervideira

O vinho Conde D’Ervideira Reserva Branco foi premiado com medalha de ouro pelo Mundus Vini, na Alemanha.
A ADP Fertilizantes orgulha-se de ter sido um dos ingredientes de sucesso desta colheita, […]

Nacional

Especialista da Universidade do Porto diz que eliminar a carne de vaca das cantinas é “drástico”

Para especialista do departamento de Ambiente da FCUP, a decisão pode não ser “totalmente eficaz” e cria um alarmismo social.

Um especialista do departamento de Ambiente da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) considera que a decisão de eliminar o consumo de carne de vaca das cantinas universitárias de Coimbra é “drástica” e “alarmista”. […]

Dossiers

El precio de la patata está un 42% más barato que el año pasado


El mercado de la patata está en calma desde hace varias semanas por la escasa actividad comercial, con un descenso en el mercado interior que ha incidido directamente en los precios, […]