Grupo Os Mosqueteiros sensibiliza 2.000 escolas para a poupança de água

Grupo Os Mosqueteiros sensibiliza 2.000 escolas para a poupança de água

Na data em que se comemora o Dia Mundial da Água, o Grupo Os Mosqueteiros anuncia concurso nas escolas portuguesas de norte a sul do país em parceria com a Texto. “Vamos poupar água com o Pafi ” é o nome do desafio que tem como objetivo sensibilizar os mais novos para a poupança de água. As duas entidades lançam o repto a alunos de 2.000 escolas de todo o país para desenvolverem conselhos e dicas uteis para a poupança de água, ilustrados com a mascote do Grupo – Pafi. Os trabalhos poderão ser entregues até dia 27 de maio.

O desafio “Vamos poupar água com o Pafi ”, é hoje lançado às turmas de 1º ciclo do ensino público e privado de 2.000 escolas de todo o país. O objetivo é que através do trabalho em equipa aliado a atividades da área de Expressões, os alunos reflitam sobre o tema e desenvolvam dicas e conselhos para a poupança de água. As escolas com trabalhos vencedores irão ser premiadas com tablets e vales de compra Intermarché para material escolar. O primeiro prémio irá ainda receber uma experiência inesquecível partilhada por todos os alunos da turma e uma festa com a mascote do Grupo Os Mosqueteiros – Pafi.

O projecto “Vamos poupar água com o Pafi”, dirigido a escolas do 1º ciclo de norte a sul do país, surgiu da necessidade de alertar os mais novos para uma atitude cívica responsável sensibilizando-os para a preservação dos recursos hídricos”, diz João Magalhães, administrador do Grupo Os Mosqueteiros

Recorde-se que o Grupo Os Mosqueteiros, do qual fazem parte as insígnias Intermarché, Bricomarché e Roady, tem desenvolvido um sólido trabalho na sensibilização dos mais novos para diversos temas cívicos. O primeiro destes desafios às escolas aconteceu em 2018 e teve como objetivo sensibilizar e alertar os mais novos para a necessidade de proteção e preservação da floresta.

Estes concursos escolares foram desenvolvidos com o intuito de aprofundar a vertente educativa do projecto de apoio aos Bombeiros, que nos últimos três anos se traduziu na edição de três livros que alertam para a importância do papel dos Bombeiros na sociedade e para a preservação da floresta. As receitas da venda dos três livros já permitiu adquirir 3.000 equipamentos de proteção individual, material fundamental para a segurança dos bombeiros portugueses.

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Crianças de Boticas assinalaram o Dia Mundial da Árvore
Próximo Castro Daire comemorou o Dia Mundial da Floresta com caminhada e plantação de árvores

Artigos relacionados

Nacional

Nações Unidas: Governos são pouco ambiciosos no combate a alterações climáticas e desigualdades

A ONU alertou esta terça-feira que a resposta internacional para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030 não está a ser “suficientemente ambiciosa” […]

Sugeridas

Produtos vínicos. Declaração de Existências termina dia 10

A apresentação da declaração de existências (DE) constitui uma obrigação de todos os detentores de produtos vínicos, reportando-se aos volumes detidos a 31.07.2019. […]

Últimas

Estratégias de controlo do aranhiço vermelho em fruticultura em Seminário

Vai ter lugar já no próximo dia 23 de maio, em Alcobaça, no INIAV (Auditório da Estação Nacional de Fruticultura Vieira Natividade, […]