Governo tem incentivo de 320 M€ para criação de centrais de biomassa

Governo tem incentivo de 320 M€ para criação de centrais de biomassa

[Fonte: Vida Rural]

A Comissão Europeia aprovou esta semana um apoio de cerca de 320 milhões de euros que será aplicado na construção de centrais de biomassa em Portugal. De acordo com o Governo português, o objetivo é promover a limpeza de áreas de elevado risco de incêndio.

De acordo com o Jornal de Negócios, estas instalações deverão localizar-se em áreas consideradas “críticas” no que diz respeito a risco de incêndio e têm como objetivo incentivar os donos destas áreas a proceder à sua limpeza para utilizar os resíduos florestais para produção de energia.

A Comissão Europeia diz ainda que este esquema de financiamento deverá prolongar-se por 15 anos e deverá financiar-se “através de um aumento nas tarifas de energia”, apesar de ainda não se saber de que forma esta medida se vai refletir nas faturas dos consumidores.

Bruxelas acredita que este projeto irá “ajudar Portugal a aumentar a quota de eletricidade proveniente de fontes renováveis“, uma medida que vai ao encontro dos objetivos climáticos definidos pela União Europeia.

Comente este artigo

O artigo Governo tem incentivo de 320 M€ para criação de centrais de biomassa foi publicado originalmente em Vida Rural

Anterior "É urgente mudar relação do Estado com as associações de bombeiros e produtores florestais"
Próximo Ministério da Agricultura refuta afirmações da CAP sobre execução do PDR 2020

Artigos relacionados

Sugeridas

CDU denuncia subaproveitamento de fundos comunitários

[Fonte: O Jornal Económico]

Ricardo Lume afirma que o reforço da CDU seja no Parlamento Europeu, seja na Assembleia da República ou na Assembleia Regional é determinante para garantir que existe uma política de valorização da produção regional e “que não serão desperdiçadas oportunidades para garantir a nossa soberania alimentar, […]

Dossiers

Ministério da Agricultura anuncia pagamento de 50 milhões de euros

[Fonte: Vida Rural]
01O pagamento é executado através do IFAP  e é constituído por uma componente FEAGA (Fundo Europeu de Garantia Agrícola), no montante global de 6,5 milhões de euros, e por uma componente FEADER (Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural), […]

Nacional

Governo português apoia agricultura angolana

[Fonte: Portugal Governo]
«O Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, participou hoje no Fórum Empresarial Angola-Portugal, com uma intervenção sobre “disposição de espaços e terras, política monetária e cambial para a facilitação da realização do investimento privado e políticas alfandegárias para facilitação das importações e exportações”. […]