Governo Regional dos Açores tem em consulta pública três diplomas na área da agricultura

[Fonte: Agricultura e Mar]

O Governo dos Açores colocou hoje, 17 de Outubro, em consulta pública, no seu Portal na Internet, três diplomas na área da agricultura, concretamente sobre o estatuto da agricultura familiar, o regime de cessação agrícola e a viabilização de utilizações não agrícolas em reservas agrícolas regionais.

Na anteproposta de decreto legislativo regional para o estatuto da agricultura familiar, o Governo realça que a pequena produção agrícola em contexto familiar assume, nos Açores, “relevância social e económica”, apontando a importância de “fixar as populações nas zonas rurais, assegurando a coesão territorial”, e de “apoiar e estimular a agricultura familiar como veículo para o desenvolvimento económico e social”.

Agricultura familiar mais atractiva

Considerando que a agricultura familiar açoriana tem “especificidades próprias”, o Governo Regional pretende aplicar medidas que “permitam estimular o seu desenvolvimento e incremento, tornando-a mais atractiva e dinâmica para as novas gerações e também combatendo, desta forma, o envelhecimento das populações rurais”.

Valorizar a produção local e estimular o mercado interno, apoiar a actividade agrícola em complementaridade com outras actividades, contrariar o desperdício alimentar agrícola e contribuir para a preservação ambiental e para a biodiversidade dos ecossistemas são alguns dos objectivos definidos pelo Governo Regional.

Na anteproposta que enquadra a cessação da actividade agrícola nos Açores, o Executivo pretende alterar o regime jurídico aprovado há três anos, de forma a “adaptá-lo a novas realidades”.

Rejuvenescimento do sector agrícola

“Procura-se incentivar o rejuvenescimento do sector agrícola, o redimensionamento e o emparcelamento das explorações e ainda a diversificação da actividade agrícola na Região, promovendo a modernização da agricultura e, consequentemente, a sustentabilidade do sector como um dos pilares da economia dos Açores”, refere o documento.

O Governo dos Açores considera “fundamental a criação de apoios públicos aos que perderam a capacidade competitiva e a idade já não lhes permite mudar de actividade profissional”, de forma a estabelecer “uma forma digna” para aqueles que ainda não atingiram a idade legal para a reforma terminarem a sua actividade.

Melhoria da viabilidade económica

Como objectivos, o Executivo aponta a modernização e melhoria da viabilidade económica das explorações agrícolas açorianas, a promoção do emparcelamento agrícola de explorações para permitir uma maior rentabilidade das novas explorações e o apoio da diversificação das actividades agrícolas na Região.

Relativamente à Reserva Agrícola Regional (RAR), na sequência de legislação recentemente aprovada na Assembleia Legislativa, o Governo dos Açores apresenta uma proposta de regulamentação para as utilizações não agrícolas dos solos da RAR, estabelecendo “limites e condições” para estas situações.

Estas propostas de diplomas ficarão disponíveis para consulta pública ao longo de 30 dias, aqui.

Agricultura e Mar Actual

O post Governo Regional dos Açores tem em consulta pública três diplomas na área da agricultura aparece primeiro no AGRICULTURA E MAR ACTUAL.

Comente este artigo

O artigo Governo Regional dos Açores tem em consulta pública três diplomas na área da agricultura foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Anterior 80 produtores levam qualidade dos vinhos portugueses à prova em Zurique e Genebra
Próximo Los precios de los cereales continúan al alza, sobre todo el trigo duro

Artigos relacionados

Últimas

Qué es Horizonte 2020? – Guía del Proyectos H2020

La guía para conocer el apoyo a la I+D+i en digitalización para el sector agroalimentario a través de proyectos H2020
Qué es Horizonte 2020 ? […]

Últimas

Alemanha vai investir 40 mil milhões na economia sustentável

[Fonte: O Jornal Económico]

O governo alemão de Angela Merkel tem previsto para esta sexta-feira apresentar um pacote ambicioso e multimilionário de 40 mil milhões de euros para medidas ambientais com as quais Berlim pretende marcar um antes e um depois na luta contra a crise ambiental. […]

Últimas

Benvindo Maçãs, diretor da Estação Nacional de Melhoramento de Plantas

[Fonte: Voz do Campo]

A Estação Nacional de Melhoramento de Plantas (ENMP) do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV) é […]