Governo pediu mais apoio do Fundo Europeu de Solidariedade

ANTONIO COTRIM/LUSA

O Governo acrescentou 220 milhões de euros aos prejuízos provocados pelos incêndios na região Centro, tendo em conta os fogos que deflagraram nos últimos meses, pelo que pediu a Bruxelas, esta semana, uma atualização do acionamento do Fundo Europeu de Solidariedade.
Em resposta a questões colocadas pela agência Lusa, fonte do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas (MPI) explicou ontem que o pedido de atualização se baseia no facto de “os incêndios florestais terem continuado a devastar o território nacional, em especial a região Centro, nos meses que se seguiram” aos incêndios de Pedrógão Grande e Góis, ocorridos em junho, estimando o Governo que a área ardida “tenha triplicado”.

Mais de 716 milhões
de prejuízos com os fogos
O ministro Pedro Marques, acrescentou a mesma fonte, enviou esta semana uma carta à Comissão Europeia a solicitar uma atualização do pedido enviado a 17 de julho, relativo aos sete municípios afetados por grandes fogos no mês anterior: Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pera, Penela, Pampilhosa, Góis e Sertã. “Na carta, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas estima que, aos prejuízos inicialmente reportados [496 milhões de euros, sendo 193 de prejuízos diretos e 303 para medidas de prevenção e relançamento da economia] haja agora a acrescentar cerca de 220 milhões de euros, estimativa provisória”, lê-se na resposta.

Comente este artigo
Anterior Terres de Jim les 8, 9 et 10 septembre L’Oise accueille la plus grande fête agricole de plein air d’Europe
Próximo Ecobebidas desenvolvidas por estudantes da UC distinguidas pela Agência Nacional de Inovação

Artigos relacionados

Opinião

Alho – Cânfora dos pobres – Bruno Estêvão

As origens do alho remontam a cerca de 6.000 anos. Há imprecisão e controvérsia na definição da sua origem, que pode ter sido a Europa mediterrânea ou o continente asiático. A maioria dos estudos indica a Ásia como local de origem do alho. Julga-se que tenha surgido no deserto da Sibéria, […]

Últimas

Adubos tecnológicos ADP assumem nova dimensão: Fertiberia TECH

[Fonte: Gazeta Rural]

Compartilhar no Facebook
Tweet


O projeto de desenvolvimento dos adubos tecnológicos ADP TECH assume agora uma maior dimensão e passa a chamar-se Fertiberia TECH, designação que doravante acompanhará todo o negócio dos produtos tecnológicos do grupo Fertiberia. […]

Sugeridas

4.ª Edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola

O Crédito Agrícola, em parceria com a INOVISA, promovem a 4.ª edição do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola.
Dividido em cinco categorias, quatro delas – Cereais, Floresta, Hortofruticultura e Produção Animal – destinam-se exclusivamente à participação de entidades/empresas. A categoria Inovação em Colaboração destina-se a projectos de inovação promovidos por mais do que uma entidade e requer a participação nos Ateliers de Inovação. […]