Governo Mais Próximo arranca em Bragança com regadio em destaque

Governo Mais Próximo arranca em Bragança com regadio em destaque

O primeiro-ministro, António Costa, abriu nesta quarta-feira a iniciativa “Governo Mais Próximo” no distrito de Bragança destacando a importância do regadio na região com maior volume de investimento nesta área.

António Costa disse que o distrito de Bragança “é o que tem concentrado maior volume de investimento nesta área de regadio, seja na reabilitação de perímetros antigos, seja na criação de novos perímetros ou de novas barragens”.

“Já foram aprovados e estão a ser investidos 39 milhões de euros, na segunda fase mais 19 milhões exclusivamente para melhorar as condições de regadio na região”, afirmou.

O primeiro-ministro está durante dois dias com outros membros do Governo no Distrito de Bragança na primeira edição do programa “Governo Mais Próximo” que assentará sempre num Conselho de Ministros descentralizado.

O Conselho de Ministros de quinta-feira decorre em Bragança e será exclusivamente dedicado à valorização do Interior do país e medidas para criar condições de emprego e fixação de pessoas.

Todos os ministros estarão no distrito, como disse António Costa, “para identificar problemas, encontrar soluções e fazer um ponto de situação das obras em curso”.

Na manhã desta quarta-feira, António Costa visitou as obras do regadio da barragem da Camba, em Alfândega da Fé, um investimento de mais de sete milhões de euros integrado no Plano Nacional de Regadio.

O artigo foi publicado originalmente em Público.

Comente este artigo
Anterior Elisa Ferreira preocupada com “posições rigidificadas” sobre orçamento da UE
Próximo Asignados los derechos de pago básico de la reserva nacional 2019

Artigos relacionados

Blogs

Apoios ao aumento da biodiversidade na agricultura

O nosso compromisso com os ecossistemas naturais
A transformação dos ecossistemas naturais devido à intensificação da agricultura afeta muito negativamente a biodiversidade. […]

Dossiers

Recortes de la PAC: La propuesta inicial se frena porque los países más ricos y menos agrícolas quieren recortar más

Los líderes de la Unión Europea (UE) debatirán una nueva propuesta de presupuesto comunitario para los próximos siete años que recortará […]

Últimas

Covid-19: Agricultores pedem que pagamentos da PAC sejam antecipados

O presidente da direção da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), Eduardo Oliveira e Sousa, esteve esta quinta-feira no Palácio de […]