Governo dos Açores realiza II Fórum da Caça na Ilha Terceira a 29 de Fevereiro – Angra do Heroísmo

Governo dos Açores realiza II Fórum da Caça na Ilha Terceira a 29 de Fevereiro – Angra do Heroísmo

O secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou que o II Fórum da Caça vai ter lugar a 29 de Fevereiro, na Ilha Terceira, reunindo especialistas regionais e nacionais, caçadores e associações representativas para uma reflexão alargada sobre os desafios da caça nos Açores, de forma a garantir a sua sustentabilidade.

“A caça é uma actividade com tradição e múltiplos impactos na Região, do ponto de vista ambiental, agrícola e económico, que exige articulação e reflexão conjunta para reforçar a estratégia de desenvolvimento sustentável pretendida, tendo sempre como meta a preservação da oferta de caça que caracteriza e distingue a Região”, afirmou João Ponte.

O evento, que tem como tema ‘Caça nos Açores: Uma Visão Actual’, é organizado pela Direcção Regional dos Recursos Florestais (DRRF) e vai decorrer no Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo.

Gestão cinegética

As comunicações programadas vão incidir sobre a realidade da caça nos Açores e as perspectivas futuras, a gestão cinegética em Portugal continental, os resultados da monitorização das espécies cinegéticas na Região, o impacto da Doença Hemorrágica Viral nas populações de coelho-bravo, aspectos genéticos e sanitários das populações de espécies cinegéticas, bem como a importância social, ambiental e económica da caça.

Entre os oradores convidados estão representantes do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos, da Universidade do Porto, da Confederação Nacional de Caçadores Portugueses e da Direcção Regional dos Recursos Florestais.

O I Fórum da Caça decorreu em Outubro de 2018, no concelho de Vila Franca do Campo, em São Miguel.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Associação das vítimas de Pedrógão critica programa do Governo para o interior: “Atrai-se as pessoas e depois elas vivem de quê?”
Próximo Proposta do BE para impedir mais regadio no Alentejo foi chumbada

Artigos relacionados

Últimas

Ainda falta trabalho de preparação da floresta, diz investigador

O especialista em incêndios Domingos Xavier Viegas disse que Portugal aprendeu a lição nos últimos dois anos, mas “infelizmente continua a faltar” […]

Últimas

Proposta açoriana para programa comunitário de agricultura com 15 eixos de intervenção

O Governo dos Açores já remeteu para apreciação e recolha de contributos à Comissão de Acompanhamento da revisão da Política Agrícola Comum (PAC) para o período 2021 – 2027 a […]

Últimas

Vitacress tem nova directora de recursos humanos

Patrícia Baptista foi contratada pela Vitacress para o cargo de directora de Recursos Humanos, no âmbito da orientação da empresa de «atrair e reter talento, […]