Governo divulga mapa das freguesias prioritárias para limpeza de combustível

Governo divulga mapa das freguesias prioritárias para limpeza de combustível

Comunicado conjunto do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural e do Ministério da Administração Interna

O Governo divulgou hoje o mapa (em anexo) das freguesias de 1ª e 2ª prioridade para limpeza no âmbito do Sistema Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios (SNDFCI). Trata-se de um Despacho conjunto do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, e do Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, e que define igualmente os prazos para a realização das ações de fiscalização que devem incidir sobre as áreas prioritárias.

O Despacho determina que a fiscalização da limpeza de terrenos confinantes a edificações (numa faixa 50 metros); aglomerados populacionais e áreas industriais (numa faixa de 100 metros) se efetue entre os dias 01 de abril e 31 de maio. O Despacho determina igualmente que a fiscalização da limpeza das faixas de proteção das redes viária e ferroviária e das linhas de transporte e distribuição de energia elétrica seja efetuada entre os dias 01 e 30 de junho.

Considerando que as alterações climáticas e os fenómenos atmosféricos extremos obrigam ao cumprimento firme das normas do SNDFCI, o Despacho define orientações no domínio da fiscalização, respondendo, em especial, aos prazos mais exigentes para a execução da limpeza dos terrenos previstos na Lei do Orçamento de Estado para 2019.

O documento sublinha ainda que a definição das prioridades não isenta os agentes fiscalizadores do cumprimento de todas as disposições previstas no SNDFCI, não limitando a fiscalização às áreas e períodos referidos.

O diploma considera como áreas prioritárias para efeitos de fiscalização de gestão de combustível as freguesias de 1ª e 2ª prioridade, de acordo com a classificação feita pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (mapa em anexo), as áreas confinantes a edificações, a aglomerados populacionais, a áreas industriais, bem como às redes viária e ferroviária e às linhas de transporte e distribuição de energia elétrica.

Comente este artigo
Anterior Pourquoi le chien est-il devenu le meilleur ami de l'homme ?
Próximo Apicultura - ApisRAM

Artigos relacionados

Nacional

Arranque das medidas aos agricultores afectados pelos incêndios

O Ministro da Agricultura apresentou hoje em Oliveira do Hospital as novas medidas de apoio aos agricultores afetados pelos incêndios. Capoulas Santos reuniu com os Presidentes das Comunidades Intermunicipais com mais concelhos atingidos pelos incêndios deste verão para explicar de que forma serão aplicadas estas medidas e a quem se destinam. […]

Dossiers

Las patatas disparan su precio más del 244% en La Rioja

[Fonte: Agropopular – Cotações]

El sector ha retomado el impulso alcista que domina desde el comienzo de esta campaña y que se afianza con la constatación de unas existencias muy cortas en las principales zonas productoras, tanto para la industria como para su destino a fresco. […]

Sugeridas

Agricultores e Cooperativas sofrem grandes prejuízos com a passagem do furação Leslie e aguardam apoios ajustados à gravidade da situação

O grave fenómeno meteorológico que se abateu sobre parte do território nacional no passado sábado, causou enormes prejuízos aos agricultores e às suas organizações, sobretudo na região Centro do país. À CONFAGRI têm chegado diversas solicitações de apoio e relatos de destruição de culturas anuais, culturas permanentes, […]