Governo criou a Bolsa de Inspetores Veterinários

Governo criou a Bolsa de Inspetores Veterinários

O Governo criou a Bolsa de Inspetores Veterinários para o exercício de funções nos estabelecimentos de abate e de preparação de carnes destinadas ao consumo. O Executivo cumpre assim mais uma medida do seu programa na área da segurança alimentar, dando resposta às necessidades dos empresários e operadores do setor, sempre que se registem picos ocasionais de laboração.

Esta medida permitirá aos operadores planificarem a sua atividade em circunstâncias excecionais. O abastecimento do mercado com carnes de animais abatidos em Portugal é influenciado pela sazonalidade, por oportunidades de negócio e dinâmicas comerciais que não obedecem a ciclos de produção regulares ou planificáveis a prazo, bem como a situações esporádicas que envolvam a inspeção sanitária em estabelecimentos de preparação de caça maior.

De acordo com o despacho publicado, esta Bolsa de Inspetores Veterinários será constituída por médicos veterinários privados que exercerão funções de inspeção oficial, sob supervisão da Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV). As inscrições podem ser feitas através de formulários específicos disponíveis no site da DGAV.

 

Comente este artigo
Anterior Azeite do Alentejo traz chefs e críticos internacionais à região
Próximo 16 projetos de produtos alimentares eco-inovadores e muito talento em competição no Prémio ECOTROPHELIA Portugal 2018

Artigos relacionados

Sugeridas

Esclarecimento sobre a política de incentivo à celebração de seguros agrícolas destinada aos agricultores

Importa esclarecer, neste âmbito, que não existem seguros agrícolas obrigatórios. […]

UE - Organizações

Trade: where are we heading ?

Since the election of Donald Trump as the new US President the troubles facing big trade deals have reached a new stage. […]

Sugeridas

COVID-19: Ministério da Agricultura anuncia medidas de apoio para o setor

Sem prejuízo do que se encontra vertido na Resolução do Conselho de Ministros (RCM) de 12 de março de 2020, nomeadamente no que respeita às […]