Governo autoriza IFAP a contratar serviços para controlo da atribuição de pagamentos

Governo autoriza IFAP a contratar serviços para controlo da atribuição de pagamentos

O Governo autorizou esta quarta-feira o Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP) a realizar uma despesa até 2,1 milhões de euros por ano com a aquisição de serviços para o controlo da elegibilidade dos pedidos de financiamento.

“O Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, enquanto organismo pagador do Fundo Europeu Agrícola de garantia e do Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural, está obrigado a controlar a elegibilidade dos pedidos apresentados e a verificar o cumprimento das regras da condicionalidade, antes de autorizar os respetivos pagamentos, nos termos fixados nos regulamentos comunitários do período de programação da Política Agrícola Comum”, explica a resolução do Conselho de Ministros, assinada pelo primeiro-ministro, António Costa, publicada hoje em Diário da República.

Desta forma, o Governo autoriza o IFAP a realizar a despesa associada à aquisição dos serviços para a realização de ações de controlo, entre 2019 e 2021. Segundo o diploma, os encargos com a despesa não podem exceder 2.130.621,91 euros em 2019, 2020 e 2021.

“O atraso ou incumprimento da realização das ações de controlo, quer relativamente ao regime de apoios diretos aos agricultores, quer quanto às medidas de apoio ao desenvolvimento rural não só prejudica o pontual pagamento das ajudas e dos apoios aos agricultores, como pode determinar a aplicação de penalidades financeiras ao Estado português. Neste contexto, o recurso à contratação dos serviços necessários à realização das ações de controlo […] permite melhorar o planeamento operacional dos controlos a realizar”, lê-se no documento. A resolução em causa produz efeitos a partir de hoje.

Comente este artigo
Anterior Gerir melhor o seu eucaliptal - 21 de Março 2018 - Odemira
Próximo ADP Fertilizantes lançou recentemente no mercado o ADP NERGETIC Dynamic S+

Artigos relacionados

Nacional

Feijão seco da Nigéria tem pesticidas em excesso. UE proíbe importações por mais 3 anos

A Comissão Europeia suspendeu a importação para a União de feijão seco da Nigéria em 2015. Hoje, 24 de Julho, anunciou a prorrogação da suspensão por um período suplementar de três anos, […]

Nacional

Coimas por incumprimento na defesa da floresta dobram

No Orçamento do Estado para 2020, as coimas por violação Sistema Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios podem chegar aos 120 mil euros. […]

Eventos

Webinar CAP / APED: Comprar Português – 27 de maio

“Comprar português, uma atitude com futuro” é o mote do ciclo de conferências online, organizado pela APED e pela CAP – Confederação dos […]