GNR apreende mais de 100 cavalos em explorações pecuárias do distrito de Beja

GNR apreende mais de 100 cavalos em explorações pecuárias do distrito de Beja

Em comunicado, a GNR refere que o Comando Territorial de Beja, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Aljustrel, apreendeu 104 cavalos.

A fiscalização da GNR foi efetuada na sequência de uma denúncia para a linha SOS Ambiente e Território.

A GNR fiscalizou 115 cavalos, dos quais 104 foram levados por falta de identificação e de condições de salubridade.

“No seguimento da fiscalização foi ainda detetada uma infração por falta de registo de exploração pecuária e levantados os autos de contraordenação por falta de identificação de equídeos e de bem-estar animal, punidos com coimas cujo valor máximo pode atingir os 3.750 euros”, adianta a GNR na nota.

A ação de fiscalização foi realizada em conjunto com elementos da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária do Alentejo, da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo e dos Médicos Veterinários Municipais de Aljustrel e Ferreira do Alentejo.

O artigo foi publicado originalmente em SAPO 24.

Comente este artigo
Anterior Jovens agricultores têm esta sexta-feira para se candidatar a prémio à instalação
Próximo Setor hortoindustrial analisa campanha de 2019 - 4 de dezembro - Cartaxo

Artigos relacionados

Nacional

Crédito Agrícola presente na Feira Nacional de Agricultura

O Grupo Crédito Agrícola está empenhado em estar ao lado de quem produz o melhor de Portugal. A instituição patrocina, mais uma vez, […]

Cotações ES

La atonía se mantiene en el mercado de ovino


El mercado del ovino se equilibra como consecuencia de una corta oferta de animales en campo pero ante una demanda también escasa que deja sin cambios las cotizaciones, […]

Nacional

Questionário: Projeto Chronocrops testa app para o setor agroalimentar

O seguinte inquérito é efetuado no âmbito do desenvolvimento de um protejo intitulado de “Chronocrops”, em fase inicial, relacionado com a prática agroalimentar.