Feira Nacional dos Frutos Secos espelha aliança entre tradição e inovação

Feira Nacional dos Frutos Secos espelha aliança entre tradição e inovação

[Fonte: Voz do Campo]

A 34.ª Feira Nacional dos Frutos Secos vai ter lugar de 3 a 6 de outubro, na Praça 5 de Outubro e Praça dos Claras, em Torres Novas. Estarão presentes mais de 70 expositores, de frutos secos, produtos locais, gastronomia e artesanato.

Este é um evento de cariz tradicional, que espelha uma aliança entre a tradição e a inovação, conjugando objetivos de diferenciação e de qualidade, de transmissão de conhecimento e de envolvimento da comunidade torrejana e dos visitantes.

Tem como principais objetivos dinamizar e dignificar o setor dos frutos secos e passados, criar momentos etnográficos representativos da cultura rural local, afirmar o Figo Preto de Torres Novas enquanto produto diferenciador e de identidade local. Também preservar os saberes e sabores associados aos frutos secos, com principal destaque para a tradição, cultura e património torrejanos e afirmar Torres Novas enquanto palco de eventos nacionais de destaque e de qualidade.

Comente este artigo

O artigo Feira Nacional dos Frutos Secos espelha aliança entre tradição e inovação foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Anterior O montado ibérico desafia as alterações climáticas
Próximo Carta aberta da ACBM ao Senhor Reitor da Universidade de Coimbra

Artigos relacionados

Nacional

Oferta de emprego – Agricultor Biológico (M/F) – Quinta do Vale da Lama

Estamos à procura de um agricultor que assuma o compromisso de produzir produtos frescos e biológicos para servir os nossos clientes de Agro Turismo e que esteja empenhado no desenvolvimento de uma CSA (agricultura de suporte local e comunitária) /negócio para mercado de produtos hortícolas.

Nacional

Braga acolhe IV Conferência Internacional Sobre as Bio-regiões

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]
Na tarde do dia 29 de Março, decorre em Braga a IV Conferência Internacional Sobre as Bio-regiões. […]

Nacional

Coopval investe forte e capacita-se para responder aos mercados mundiais mais exigentes

[Fonte: Voz do Campo]

Os 50 anos da Coopval foram assinalados com um investimento de seis milhões de euros, […]