Feira Lusoflora 2018 – 23 e 24 de Fevereiro  2018 – Santarém

Feira Lusoflora 2018 – 23 e 24 de Fevereiro 2018 – Santarém

A Associação Portuguesa de Produtores de Plantas e Flores Naturais tem o prazer de comunicar a realização da 31ª edição da Lusoflora, a 23 e 24 de fevereiro de 2018, no CNEMA, em Santarém.

Assente nos valores que sempre caracterizaram esta feira, este ano assume um papel ainda mais preponderante na produção nacional, cujo tema central será a “Inovação e Sustentabilidade”. Será também o mote para a realização de várias abordagens, num colóquio a decorrer ao longo dos dois dias.

Para além da mostra diversificada de produtos, equipamentos e serviços destinados ao profissional do setor da Horticultura Ornamental, a feira vai contar com um conjunto de iniciativas paralelas, como workshops de arte floral, da técnica japonesa Kokedama, jardinagem e jardins verticais.

Evento de referência Nacional do setor das plantas e flores, esta edição será também o ponto de viragem para uma “nova” Lusoflora, mais profissional, mais fresca e vibrante e mais digital. Desta forma, pretende SIMPLIFICAR, FACILITAR, FLEXIBILIZAR A EXPERIÊNCIA DOS Expositores e Visitantes – ao mesmo tempo é MAIS AMIGA DO AMBIENTE.

PORQUÊ ESTAR PRESENTE:

  • Oportunidades de negócio
  • Networking
  • Como a internet pode impulsionar as suas vendas

→Lusoflora 2018 – convite digital←

 

Mais informação aqui

Comente este artigo
Anterior Balanço da vindima de 2017 na Região Demarcada do Douro
Próximo Produção agrícola recuou 2,8% em 2016 na UE e 2,5% em Portugal

Artigos relacionados

Últimas

Fertipower oferece 15% de desconto em fertilizantes a visitantes da FNA 2019

A Fertipower — Fertilizantes para a Agricultura vai estar, de hoje e até 16 de Junho, na Feira Nacional de Agricultura, […]

Últimas

Produção nacional do sector agroalimentar substitui importações

As exportações no sector agroalimentar cresceram mais do que as importações nos primeiros 7 meses de 2019. Os dados hoje, 10 de Setembro, […]

Últimas

14 milhões para infraestruturas afetadas pelos incêndios


Os sete municípios do Pinhal Interior afetados pelos incêndios que deflagraram em junho, em Góis e Pedrógão Grande, vão contar com uma linha de apoio de 14 milhões de euros para restabelecimento de infraestruturas básicas.O Programa Centro 2020 abriu ontem um concurso, […]