Balanço da vindima de 2017 na Região Demarcada do Douro

Balanço da vindima de 2017 na Região Demarcada do Douro

Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP) apresenta dados de produção deste ano.

Na Região Demarcada do Douro (RDD) registam-se aumentos generalizados na produção, em comparação com o ano anterior, que se enquadram na média da última década. Em 2017, as condições climatéricas obrigaram a antecipar as vindimas como não há memória e provocaram um desvio dos resultados da colheita em relação às previsões. No princípio do verão estimava-se um aumento de 25% para este ano, mas acaba por se verificar um crescimento de 5%. Conta-se que 2017 seja um ano de vinhos de excelente qualidade pelo teor de álcool e concentração da fruta verificados.

Dados de Produção O valor total de produção, para 2017 na RDD, é de 253,9 mil pipas, somando as Denominações de Origem (DO) da região – Porto e Douro (incluindo Moscatel e Espumante), a Indicação Geográfica (IG) Duriense e o Vinho sem DO/IG, e traduz um aumento de 5% em relação a 2016 (que foi o terceiro ano mais baixo da última década). O resultado deste ano fica um pouco abaixo da média dos últimos dez anos que é de 259,2 mil pipas. Na última década, a maior produção de vinho, registada na RDD, foi em 2010 com 298,7 mil pipas. Em termos de distribuição da produção, o Vinho do Porto representa 147 mil pipas, a DO Douro 87,4 mil, Moscatel 6,4 mil, Duriense 1,8 mil e Vinho sem DO/IG 11,2 mil pipas.

A produção de Vinho do Porto em 2017 (147 mil pipas) representa 58% do valor global e está acima da média da última década que é de 136,3 mil pipas, correspondentes a 53% da produção total de vinho na RDD.

*1 pipa = 550 litros

 

Comente este artigo
Anterior Novo regulamento sobre a produção biológica
Próximo Feira Lusoflora 2018 - 23 e 24 de Fevereiro 2018 - Santarém

Artigos relacionados

Nacional

Cada vez mais portugueses procuram “comida sem veneno”. Falta torná-la mais barata e acessível

[Fonte: Gazeta Rural]

A promoção da “qualidade alimentar através do aumento da produção em modo biológico” é o objetivo do Governo com a Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica, cuja apresentação deverá acontecer em março. Uma resposta a uma tendência crescente: há […]

Comunicados

Normas mais simples e maior apoio para os produtores de fruta e produtos hortícolas

Resultado de um estudo de dois anos, realizado no âmbito da iniciativa Legislar melhor da Comissão Juncker, o regulamento delegado, atualizado e simplificado, do setor europeu das frutas e produtos hortícolas reforçará a atuação das organizações de produtores (OP), tornando-as mais atrativas para os não-membros, […]

Sugeridas

Reconhecimento da «Associação dos Produtores de Fumeiro da Terra Fria Barrosã» como entidade gestora das denominações

Gabinete do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural reconhece a «Associação dos Produtores de Fumeiro da Terra Fria Barrosã» como entidade gestora das denominações «Alheira de Barroso-Montalegre – IGP», «Chouriça de Carne de Barroso-Montalegre – IGP», «Chouriço de Abóbora de Barroso-Montalegre – IGP», […]