Feira da Vinha e do Vinho de Anadia 2019: “Nove dias de festa, de promoção, de partilha, de convívio e de bem receber”

Feira da Vinha e do Vinho de Anadia 2019: “Nove dias de festa, de promoção, de partilha, de convívio e de bem receber”

[Fonte: Gazeta Rural]

A 16ª edição da Feira da Vinha e do Vinho de Anadia foi
inaugurada com a presença de várias entidades locais e regionais. A cerimónia
contou ainda com a presença do presidente do Instituto da Vinha e do Vinho
(IVV) e do Diretor Regional da Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC). As duas
primeiras noites de animação contaram com “casa cheia” para assistir aos
concertos do bairradino José Cid e dos Amor Eléctro.

Na cerimónia de inauguração, a presidente da Câmara
Municipal de Anadia, Maria Teresa Cardoso, deu conta da importância da
realização deste evento “onde se faz jus aos vinhos e aos espumantes que nos
diferenciam e que cada vez mais se impõem na marca Bairrada, dignificando  os nossos concelhos, a região e o país”.

Frisou que “são nove dias e nove noites de festa, de
partilha, de convívio, de bem receber e de grande promoção dos nossos produtos,
do território, da economia local e de outras empresas que connosco querem
estar, é também partilhado pelas nossas Juntas de Freguesias, pelas associações
e entidades que connosco trabalham em diferentes sectores”.

Aproveitando a presença do Diretor Regional da DRAPC, a
autarca deixou alguns “alertas” sobre o estado em que se encontra a Estação
Vitivinícola da Bairrada, cujo edifício e zona envolvente “precisam de
intervenção”. “Este laboratório de conhecimento e de experiências com mais de
125 anos precisa de recuperação no edificado, mas também de reforço de
humanização e de serviços técnicos  e
operacionais que o coloquem ao serviço da região e do país na prestação de
serviços de apoio ao sector vitivinícola, de apoio aos  produtores, de apoio aos agentes do sector
com a inovação e o conhecimento científico 
que se impõe neste sector, de diferenças 
no produto e na qualidade que se alcança, e  na 
concorrência que  se deve pautar
cada vez mais  pela excelência” afirmou a
edil.

A presidente da Câmara destacou ainda a vertente ambiental
introduzida no Certame à qual ninguém deverá ficar indiferente, com a utilização
de copos reciclados, as papeleiras inteligentes e os bebedouros. “Mais lixo
reciclado, maior será o contributo que iremos prestar aos Bombeiros Voluntários
de Anadia”, pois, “a esta Associação será entregue o valor monetário que daí
resultar”.

Maria Teresa Cardoso deixou ainda uma palavra de apreço e
reconhecimento a todos quantos, direta ou indiretamente, participam na Feira da
Vinha e do Vinho.

“Evento
importantíssimo para a região”

O Diretor Regional da Agricultura e Pecas do Centro (DRAPC),
Fernando Martins, sublinhou que este certame “é um evento importantíssimo para
a região e para os produtores”, considerando que esta iniciativa, promovida
pela Câmara de Anadia, “é sempre bem-vinda”, pois, “dão notoriedade a um
produto que tem um peso considerável na economia local”.

O presidente do IVV, Bernardo Gouveia, referiu que esta
Feira “é assinalável, porque mostra toda a atividade económica do concelho e da
região”, tendo como ponto central a vinha e o vinho que “são realidades que
unem o território, dão coesão às comunidades, fazem parte da nossa história e
cultura”.

Bernardo Gouveia adiantou que a “região cresceu o ano
passado mais de 20 por cento”, em termos de vinhos certificados e, ao nível das
vendas do mercado nacional, “mais de 26 por cento”. No seu entender, isto
mostra “o dinamismo” ao nível dos produtores e dos viticultores. No que
respeita a atribuição de novas plantações, no último ano, “tivemos cerca de 40
candidatos”.

Considerou ainda que a região tem “um capital enormíssimo de
desenvolvimento na exploração do que é a diferenciação e as caraterísticas
únicas da casta Baga” e no que “é o desenvolvimento da indústria de espumante e
da sua expansão”, tendo realçado que “70 por cento do espumante produzido na
região é DOC – Denominação de Origem Controlada”.

Até ao próximo domingo, dia 30, há ainda muita animação para
ver na Festa da Vinha e do Vinho. No palco “Anadia Capital do Espumante” vão
ainda passar, hoje dia 24, Os Quatro e Meia; dia 25, Meninos da Sacristia
convidam Luís Portugal; dia 26, Mayra Andrade; dia 27, Áurea; dia 28, David
Carreira; dia 29, Xutos & Pontapés; dia 30, Xana Toc Toc (à tarde) e
Marchas Populares (à noite).

Os ingressos têm um custo de 2 euros. Os portadores dos
Cartões Anadia Jovem e Anadia Sénior têm um desconto de 50 por cento.

Comente este artigo

O artigo Feira da Vinha e do Vinho de Anadia 2019: “Nove dias de festa, de promoção, de partilha, de convívio e de bem receber” foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior Investimento de 50 milhões de euros vai criar mais 183 postos de trabalho em Almeirim
Próximo PS confirma entendimento com PSD sobre terras sem dono conhecido

Artigos relacionados

Ofertas

Oferta de emprego – Técnico Comercial – Engenheiro Agrónomo ou Zootécnico – Maia

ISAGRI líder Europeu de soluções informáticas de gestão para o sector Agrícola e Pecuário […]

Últimas

Falhas de Estado

[Fonte: O Jornal Económico]

Dois anos após a tragédia de Pedrógão Grande e dos incêndios que devastaram vários concelhos da região centro, […]

Nacional

Calor coloca país em situação de alerta. Ministro garante que o sistema está preparado

[Fonte: Expresso]

O ministro da Administração Interna admite que as condições meteorológicas previstas até domingo no continente deverão favorecer a ocorrência de incêndios florestais, […]