Feira Comercial e Agrícola de Poceirão celebra 30 anos com programa renovado

Feira Comercial e Agrícola de Poceirão celebra 30 anos com programa renovado

Feira Comercial e Agrícola de Poceirão celebra 30 anos com programa renovado

A Feira Comercial e Agrícola de Poceirão comemora os seus 30 anos com um programa renovado. É já nos dias 12, 13 e 14 de julho que o certame está
de regresso ao coração agrícola da Península de Setúbal, numa organização da Associação da Feira Comercial e Agrícola de Poceirão, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela e da União das Freguesias de Poceirão e Marateca.

Nesta 30.ª edição, as/os visitantes vão poder contar com várias novidades, reveladas pelo Presidente da Associação, João Neto, durante a apresentação
da Feira, no dia 2 de julho, na Adega Filipe Palhoça. Sempre com a prioridade de promover e divulgar a agricultura e o mundo rural, a Feira vai contar com um novo espaço, a Tenda “Saberes e Sabores da Terra”, onde as/os produtoras/es locais e novas/os investidoras/es
vão expor os produtos da terra. O espaço será dinamizado com a realização de um conjunto de
workshops e palestras. A exposição de animais e tratores e máquinas agrícolas, no recinto do Mercado Mensal, foi também reforçada.

Outra novidade são as Jornadas Técnicas “ O futuro da Maçã Riscadinha e da Fruticultura na Península de Setúbal”, dia 13, organizadas pelas/os
produtoras/es locais, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela. Do programa, destaque também, logo no primeiro dia, para o Espetáculo Equestre de homenagem ao Mestre Nuno de Oliveira, por ocasião dos 30 anos da sua morte.
Este ano, não haverá eleição da Rainha da Feira e o Desfile Etnográfico pelas ruas de Poceirão, ponto alto do certame, vai contar com a participação das Rainhas das edições anteriores, como forma de assinalar os
30 anos. Os vinhos e gastronomia local, o artesanato, um vasto programa de animação musical, atividades equestres e um espaço dirigido às/aos mais jovens, o “Spot Caramelo”, completam o programa.

O Município de Palmela é parceiro da organização desde o primeiro momento e atribuiu à Feira um apoio financeiro no valor de 4 mil euros, ao qual
se somam apoios técnicos e logísticos no valor estimado de 7 mil euros. O Vereador com o pelouro do Desenvolvimento Económico, Luís Miguel Calha, presente na apresentação da Feira, não tem dúvidas de que esta 30.ª edição «presta homenagem a todas/os as/os
que se associaram ao certame ao longo dos anos» e que as inovações introduzidas no programa «representam uma visão de futuro no que respeita à evolução e dinâmica do evento».

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural .

Anterior O difícil trabalho de restaurar a floresta e a autoridade do Estado na Peneda-Gerês
Próximo Gigante da canábis acelera expansão europeia a partir de Cantanhede

Artigos relacionados

Últimas

Eleições/Madeira: CDS volta a pedir fim das maiorias absolutas

“Parto para eleições no mesmo patamar em que está o dr. Miguel Albuquerque, que considero de um governo que foi uma desilusão, […]

Últimas
Sugeridas

Brasil/Eleições: Bolsonaro pondera desistir da fusão dos ministérios da Agricultura e Meio Ambiente

[Fonte: Diário de Notícias]
O Presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, disse hoje que pode desistir de sua intenção de fundir os ministérios da Agricultura e Meio Ambiente, […]