Federação Agrícola dos Açores: Não existe antecipação de ajudas do posei aos agricultores

Federação Agrícola dos Açores: Não existe antecipação de ajudas do posei aos agricultores

[Fonte: Federação Agrícola dos Açores]

A Federação Agrícola dos Açores informa que não existem pagamentos antecipados de ajudas do Posei aos agricultores no âmbito das ajudas à vaca leiteira, vaca aleitante, culturas arvenses e produtores de ananás, conforme foi difundido pelo Governo Regional dos Açores, já que face aos anos anteriores, os pagamentos estão inclusive atrasados.

Assim, os pagamentos destas ajudas do Posei que deveriam ser feitos na sua totalidade no mês de dezembro, têm sido usualmente antecipados em parte, por decisão da União Europeia em dois meses, e tomando como referência a campanha de 2017/2018, as ajudas agora pagas, foram efetuadas em duas tranches, 70% em outubro de 2017 e o remanescente em dezembro do mesmo ano, exceto a ajuda às culturas arvenses, que foi de 100% em dezembro.

No que concerne à atual campanha de 2018/2019, o primeiro pagamento das ajudas à vaca leiteira, vaca aleitante e produtores de ananás de cerca de 70% registou-se em outubro de 2018, mas o segundo pagamento registado em dezembro de 2018 que deveria ter sido o último, foi de 20% e de 25% e o que se registou hoje, foi o remanescente da vaca leiteira e dos produtores de ananás, ficando o pagamento do restante da ajuda à vaca aleitante, ainda para o final de março.

No caso das culturas arvenses, o pagamento em dezembro foi de 90%, ficando ainda para o final de março o pagamento do remanescente.

Desta forma, o pagamento destas ajudas do Posei que eram usualmente pagas em duas tranches passou a ser feito em três, enquanto a ajuda às culturas arvenses passou de um pagamento para duas tranches, pelo que, a antecipação anunciada não é real e esta mensagem que é transmitida à população, vem desvirtuar a atividade do agricultor, que passa por um período difícil, já que o recebimento das ajudas da União Europeia pelos Agricultores Açorianos é legitima e transversal à dos seus colegas europeus e algumas sujeitas a redução.

Face ao exposto, a Federação Agrícola dos Açores que tem trabalhado com o Governo Regional dos Açores na elaboração do Posei, não pode concordar com esta comunicação feita que origina uma imagem negativa da atividade agrícola junto da opinião pública, sabendo até, que existem alguns pagamentos regionais aos agricultores que ainda estão por fazer.

Santana, 28 de fevereiro de 2019

A Direção

Comente este artigo
Anterior Centro de coinovação da Mercadona distinguido por ser uma das principais inovações de grande consumo em Espanha
Próximo GS1 Portugal - VII Seminário de Boas Práticas Colaborativas: Repensar a colaboração nas cadeias de valor - 13 março - Lisboa

Artigos relacionados

Comunicados

Novo alerta aos beneficiários: Prazos para autenticação dos termos de aceitação

De acordo com o disposto no nº 2, do Artigo 21º, do Decreto-Lei nº 159/2014, de 27 de outubro, na decisão de aprovação de um pedido de apoio (PA) no âmbito do PDR 2020, […]

UE - Organizações

Thoughts and reflections on the next MFF ongoing debate

Is there a strategy which combines the need to finance new challenges by recognizing the importance and role of “the elephants in the room” […]

Comunicados

Estabelecidas as regras nacionais de reconhecimento de organizações de produtores – Portaria n.º 298/2018

 
Foi publicada a 9 de setembro em Diário da República, a Portaria n.º 298/2019 que estabelece as regras nacionais complementares de reconhecimento de organizações de produtores e respetivas associações previstas no capítulo III do título II da parte II do Regulamento (UE) n.º […]