Febre Catarral Ovina / Língua Azul – Áreas afetadas – região do Alentejo e Distrito de Santarém

Febre Catarral Ovina / Língua Azul – Áreas afetadas – região do Alentejo e Distrito de Santarém

Na sequência da confirmação de novos de novos focos de serotipo 4 do vírus da língua azul noutros concelhos do Alentejo, e em Abrantes, na Região de Lisboa e Vale do Tejo, foram definidas como áreas afetadas pelo serotipo 4, a região do Alentejo e o Distrito de Santarém.

As Medidas de Controlo foram determinadas no Edital nº 58, de 24/9/2021 sobre Febre Catarral Ovina/Língua Azul.

Saiba mais

Comente este artigo
Anterior Projecto Km0: E se no Alentejo comêssemos mais produtos alentejanos?
Próximo EU agri-food trade sustains increase, after a slow start in 2021

Artigos relacionados

Últimas

Douro desafia 46 investigadores à criação de soluções inovadoras para a região

O Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP) promoveu uma maratona de trabalho intensivo – ‘hackathon’ – que desafiou 46 investigadores ao desenvolvimento de soluções inovadoras para os […]

Nacional

Portugal em 15.ª no desenvolvimento sustentável na UE

Portugal surge em 15.º lugar entre os 28 países da União Europeia no Índice dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, obtendo uma pontuação de 66,2 em 100, […]

Cotações PT

Cotações – Cereais – 19 a 25 de julho 2021

Nos cereais de outono-inverno, a acentuada redução dos teores de humidade do solo na fase de enchimento do grão não permitiu alcançar […]