Farmacêutica quer criar exploração de canábis para fins medicinais em Campo Maior

Farmacêutica quer criar exploração de canábis para fins medicinais em Campo Maior

Uma empresa com capital canadiano e israelita quer investir cerca de 16 milhões de euros em Campo Maior, em Portugal, para criar uma exploração de produção de canábis para fins medicinais. A notícia é avançada pela agência Lusa, que revela também que a empresa está já a aguardar o licenciamento da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed).

Ricardo Pinheiro, presidente do município de Campo Maior, diz, em declarações à agência noticiosa, que “o projeto nasceu há nove meses e a empresa fez testes agrícolas nos terrenos e foram superados”. Para além disso, garante que “já foram realizadas várias reuniões com o Governo e que se aguarda o licenciamento” do Infarmed.

A exploração deverá arrancar com uma área de quatro hectares e prevê um investimento de cerca de 16 milhões de euros ao longo de cinco anos, esperando-se que crie 50 postos de trabalho, numa primeira fase.

Depois da produção deverá seguir-se um investimento num centro de extração de óleo de canábis. “Estamos a falar de uma transformação agroindustrial, embora o fabrico do medicamento possa não ficar em Campo Maior”, revela ainda o autarca de Campo Maior.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Prémio Ecotrophelia 2019 já aceita candidaturas
Próximo Investigadora portuguesa tem melhor tese em temas agrícolas

Artigos relacionados

Comunicados

Incubadora de Base Rural de Guimarães arranca com a 2ª etapa do programa de apoio a empreendedores

Abertura de candidaturas à “Elaboração do Plano de Negócios” está já publicada. Os empreendedores selecionados beneficiarão de apoio gratuito durante 3 meses para elaboração de plano de negócio. […]

Últimas

Las almendras ya se sitúan por debajo de los 4 euros/kilo


Nueva semana con bajadas en los precios de las almendras. Mercamurcia, que señala la escasez de operaciones que se realizan en el mercado como principal motivo, […]

Nacional

Governo quer cultivar campos em pousio para evitar falta de cereais e de comida para os animais

Ministério da Agricultura negocia com Bruxelas para usar terrenos em período de descanso e espera autorização para apoiar produtores mais […]