Farmacêutica quer criar exploração de canábis para fins medicinais em Campo Maior

Farmacêutica quer criar exploração de canábis para fins medicinais em Campo Maior

Uma empresa com capital canadiano e israelita quer investir cerca de 16 milhões de euros em Campo Maior, em Portugal, para criar uma exploração de produção de canábis para fins medicinais. A notícia é avançada pela agência Lusa, que revela também que a empresa está já a aguardar o licenciamento da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed).

Ricardo Pinheiro, presidente do município de Campo Maior, diz, em declarações à agência noticiosa, que “o projeto nasceu há nove meses e a empresa fez testes agrícolas nos terrenos e foram superados”. Para além disso, garante que “já foram realizadas várias reuniões com o Governo e que se aguarda o licenciamento” do Infarmed.

A exploração deverá arrancar com uma área de quatro hectares e prevê um investimento de cerca de 16 milhões de euros ao longo de cinco anos, esperando-se que crie 50 postos de trabalho, numa primeira fase.

Depois da produção deverá seguir-se um investimento num centro de extração de óleo de canábis. “Estamos a falar de uma transformação agroindustrial, embora o fabrico do medicamento possa não ficar em Campo Maior”, revela ainda o autarca de Campo Maior.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Prémio Ecotrophelia 2019 já aceita candidaturas
Próximo Investigadora portuguesa tem melhor tese em temas agrícolas

Artigos relacionados

Comunicados

ANPOC e ANPROMIS debatem o Mercado Mundial dos Matérias-Primas

O mercado mundial de matérias-primas tem vivido nos últimos meses uma acentuada volatilidade que tem tido evidentes consequências na cotação dos cereais […]

Últimas

Incêndios: Chamas em Odemira causaram quatro feridos, um dos quais grave

O incêndio que está ativo em Odemira, desde quarta-feira, provocou quatro feridos, um deles grave, além de uma pessoa ter sido assistida no local, revelou hoje […]

Nacional

Fogos em Águeda e Albergaria-a-Velha levam a corte de estradas

Dois incêndios em povoamento florestal na região de Aveiro, um em Macinhata do Vouga, concelho de Águeda, e o outro em Paus, […]