Évora vai transformar restos de comida da cidade em fertilizantes agrícolas

Évora vai transformar restos de comida da cidade em fertilizantes agrícolas

O município de Évora colocou em marcha um novo sistema de recolha seletiva de resíduos orgânicos destinados à compostagem e posterior aproveitamento na agricultura. O circuito de recolha foi preparado para funcionar diariamente, em colaboração com um leque de grandes produtores, como os hospitais, alguns dos grandes restaurantes, Messe de Oficiais, Universidade de Évora e cantinas escolares.

Os resíduos são recolhidos e encaminhados para uma central de tratamento, onde se processa a triagem e o tratamento por compostagem. O produto final é um composto orgânico que será utilizado como fertilizante agrícola.

Imagem de capa de grupo-interacao.com

O artigo foi publicado originalmente em Tribuna Alentejo.

Comente este artigo
Anterior Município e Juntas de Proença-a-Nova disponibilizam equipamentos para destroçar sobrantes
Próximo Um país onde os cães valem mais do que os filhos?

Artigos relacionados

Últimas

Drones de combate a incêndios. Força Aérea debaixo de fogo do governo

O Estado pagou 4,5 milhões de euros por 12 drones de vigilância. O concurso foi urgente para tudo estar operacional a 1 de julho, início da fase crítica de fogos, mas nenhum voo foi cumprido até […]

Dossiers

Oferta de emprego – Técnico superior – Licenciado – DGADR

Procedimento concursal comum para constituição de relação jurídica de emprego público, na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado tendo em […]

Comunicados

Olivum oferece à Cáritas azeite para 16 mil refeições

Associação de Olivicultores e Lagares do Sul une-se à campanha de recolha de alimentos coordenada pela Cáritas Diocesana de Beja e com distribuição em todo o Alentejo […]