Estas 1.114 freguesias têm risco elevado de incêndio. Veja a lista

Estas 1.114 freguesias têm risco elevado de incêndio. Veja a lista

Freguesias identificadas são prioritárias para ações de limpeza. Situam-se em 186 concelhos que estão essencialmente das regiões do interior Norte e Centro e Algarve.

O Governo divulgou a lista das mais de mil freguesias com risco elevado de incêndio florestal e que são prioritárias para limpeza de combustível.

O despacho assinado pelos secretários de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, e da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Catarino, e publicado em Diário da República, define também os prazos para a realização das ações de fiscalização que devem incidir sobre as áreas prioritárias.

No total são 1.114 freguesias com risco elevado de incêndio e que são prioritárias para ações de limpeza, situando-se em 186 concelhos que estão essencialmente das regiões do interior Norte e Centro e Algarve.

O número de freguesias prioritárias para efeitos de fiscalização da gestão de combustível no âmbito da prevenção de incêndios rurais é idêntico a 2019, deixando de existir este ano os dois níveis de intervenção.

“Considerou-se adequado identificar apenas uma classe de prioridade, atualizando-se a informação de base territorial” e integrar “a circulação rodoviária em segurança em regiões afetadas por grandes incêndios”, refere o despacho, que entra em vigor esta quarta-feira.

Continue a ler este artigo no ECO.

Comente este artigo
Anterior Defeitos em vinhos são a chave para o reconhecimento de vinhos orgânicos
Próximo Primeiro-Ministro e Ministra da Agricultura visitam Aproveitamento Hidroagrícola da Camba

Artigos relacionados

Últimas

Nove meios aéreos combatem incêndio que reativou em Castelo Branco

“O incêndio reativou às 15:31, está em curso e estão os meios no terreno a combater as chamas”, explicou fonte do Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Castelo Branco à […]

Notícias inovação

DIT-UK e INOVISA apoiam startups portuguesas de Agro-tecnologia – Reino Unido é destino privilegiado para a internacionalização.

O Departamento de Comércio Internacional (DIT-UK) na Embaixada Britânica em Lisboa e a INOVISA, criada pelo Instituto Superior de Agronomia, formaram uma parceria no âmbito do programa cropUP para apoiar startups nacionais com projectos inovadores na área da tecnologia aplicada ao sector agrícola e que tenham a ambição de desenvolver os seus projectos no Reino Unido. […]

Últimas

Pomar da Cova da Beira: turismo da fruta na Cova da Beira

A RUDE – Associação de Desenvolvimento Rural idealizou um projeto pioneiro e inovador que pretende promover as frutas produzidas na Cova da Beira, em particular, as frutas qualificadas […]