Estão abertas a candidaturas ao Pedido Único

Arranca hoje, 1 de Março,  o primeiro dia de apresentação das candidaturas ao Pedido Único (PU), para o ano de 2017. O período de encerramento é a 15 de Maio de 2017.

A candidatura ao PU 2017 poderá ser efetuada diretamente pelo Beneficiário na Área Reservada do Portal do IFAP, em O Meu Processo, ou através das Entidades reconhecidas, numa das Salas de Atendimento existentes para o efeito.

Para informação detalhada relativamente ao PU, incluindo prazos de entrega de outros formulários associados, consulte a página Pedido Único 2017.

Para esclarecimentos adicionais poderá contactar o IFAP, através do endereço de correio eletrónico ifap@ifap.pt ou ainda pelos restantes canais de atendimento que tem ao seu dispor: Atendimento Presencial, na Rua Fernando Curado Ribeiro, n.º 4G, em Lisboa, Atendimento Eletrónico ou pelo Atendimento Telefónico, através do 217 513 999.

Comente este artigo
Anterior Vinhos da HMR já estão em mais de 600 restaurantes portugueses
Próximo Cotações – Suínos – Informação Semanal – 20 a 26 Fevereiro 2017

Artigos relacionados

Nacional

“Adote uma Ovelha” e ajude os produtores de queijo da Serra

[Fonte: Rádio Renascença]

É uma forma diferente de apoiar as vítimas dos incêndios, neste caso os pastores e produtores de queijo da Serra de Oliveira do Hospital. Naquele que foi um dos concelhos que ficou mais destruído pelos fogos de 15 de outubro, […]

Nacional

País está mais urbano, mais florestal e menos agrícola

[Fonte: Público]
Estudo da Direcção-Geral do Território foi à procura das “dinâmicas territoriais” entre 1995 e 2010. Mais de um milhão de hectares do território nacional mudou de ocupação.
Uma equipa da Direcção-Geral do Território (DGT) revisitou os estudos cartográficos sobre a ocupação do solo em Portugal entre 1995 e 2010 e acabou por produzir o retrato das mudanças que apontam para um país mais urbano, […]

Últimas

Governo reconhece seca severa no continente, desde 30 de junho

[Fonte: Observador]
 O Governo reconheceu esta segunda-feira a existência de uma situação de seca severa no território continental, desde 30 de junho, que consubstancia um fenómeno climático adverso, com repercussões negativas na atividade agrícola, em despacho publicado em Diário da República. […]