Especialistas nacionais e espanhóis falam sobre laranjas e citricultura em Silves

Especialistas nacionais e espanhóis falam sobre laranjas e citricultura em Silves

Especialistas nacionais e espanhóis estarão, no dia 17 de Fevereiro, na conferência “Laranja XXI”, uma iniciativa da Câmara Municipal de Silves integrada no programa da 1ª Mostra “Silves Capital da Laranja”.

«Este é um fórum de discussão e debate que consideramos há muito fazer falta», refere Rosa Palma, presidente da Câmara de Silves. Na opinião da autarca, «a citricultura é uma das mais decisivas e estruturantes atividades do concelho e da região e é necessário trazer temas atuais, de modo a modernizar práticas, mas sobretudo a refletir sobre os caminhos que nos permitirão promover o crescimento sustentado e a promoção desta atividade, que é sinónimo de qualidade e prestígio para Silves e para a região».

Ao longo de todo o dia, no auditório da Fissul, serão debatidos temas centrais para a produção e produtores de citrinos.

Durante a manhã, a primeira comunicação, da responsabilidade de Júlio Manuel Isidoro Cabrita, da Direção de Serviços de Investimento da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPAlg), irá centrar-se no “Financiamento no âmbito do PDR2020”. Tendo em consideração que os períodos de candidatura estão em curso, este poderá ser um tema de grande importância para os agricultores, que terão a oportunidade de esclarecer dúvidas.

Questões de natureza técnica também serão motivo de análise, nomeadamente a “Lei da aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos/Inspeção de Pulverizadores”, que Celestino Soares, técnico da DRAPAlg abordará na sua comunicação.

As “Pragas e doenças emergentes/Inimigos de Quarentena, relacionados com a cultura dos citrinos” serão vistas com a ajuda do técnico da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) João Nuno Barbosa.

Já depois da pausa para almoço, “A qualidade dos citrinos do Algarve: ameaças, desafios e oportunidades” será vista em detalhe por Amílcar Duarte, professor da Universidade do Algarve, enquanto a “Produção de citrinos em modo Biológico na Andaluzia/Espanha” será explicada e apresentada por Francisco José Arenas, técnico da IFAPA da Junta da Andaluzia.

A conferência terminará com uma mesa redonda, cujo tema central é um dos que mais preocupa o sector e mais polémica gera: “Produção, Comercialização e Distribuição de Citrinos no Algarve”.

Presentes estarão diversas empresas ligadas à produção e comercialização (nomeadamente Cacial, Frutas Mourinho, Frusoal, Frutas Martinho e Frutas Lurdes).

Todos os presentes serão convidados, nesta ocasião e ao longo do dia, a participar, colocando questões e intervindo nos momentos de debate.

A conferência “Laranja XXI” integra o programa da 1ª Mostra “Silves Capital da Laranja”, cujo programa poderá ser consultado no portal da autarquia.

A participação é livre e todos os agricultores, técnicos, comerciantes e stakeholders com interesses nesta atividade poderão participar.

PROGRAMA
Conferência Laranja XXI

10h00 – Sessão de Abertura da Conferência, com a presença de:
Presidente da Camara Municipal de Silves – Dra. Rosa Palma
Diretor Regional de Agricultura e pescas do Algarve – Eng.º Fernando Severino

10h30 – Coffee Break e inauguração oficial do certame

11h00 – “Financiamento no âmbito do PDR2020” – Direção de Serviços de Investimento da DRAP Algarve – Engº Júlio Manuel Isidoro Cabrita

11h30 – “Lei da aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos/ Inspeção de Pulverizadores” – Técnico da DRAP Algarve – Engº Celestino Soares

12h00 – “Pragas e doenças emergentes/Inimigos de Quarentena, relacionados com a cultura dos citrinos” – Técnico da DGAV – Engº João Nuno Barbosa

12h30 – Debate

13h00 – Pausa para Almoço.

14h30 – “A qualidade dos citrinos do Algarve: ameaças, desafios e oportunidades” – Universidade do Algarve – Professor Doutor Amílcar Duarte

15h00 – “Produção de citrinos em modo Biológico na Andaluzia/Espanha” – Técnico da IFAPA da Junta da Andaluzia – Engº Francisco José Arenas.

15h30 – Debate

16h00 – Coffee Break

16h30 – Mesa Redonda: “Produção, Comercialização e Distribuição de Citrinos no Algarve”, com a participação de:
Cacial – Engº Horácio Ferreira e Engª Maria José Pinto
Frutas Mourinho – Joaquim Mourinho
Frusoal – Engº Silvino Fonseca
Frutas Martinho – Engº Martinho Santos
Frutas Lurdes – Engª Bertina Alexandre

17h00 – Debate

17h30 – Encerramento dos trabalhos

Comente este artigo
Anterior Los precios de los alimentos, al nivel más alto de los últimos dos años
Próximo CAP consultation: Farm lobby to demand less red tape, NGOs more sustainability

Artigos relacionados

Últimas

Reflorestação da região Centro pode começar “imediatamente” com espécies diferentes

Redação, 16 jul (Lusa) — O processo de reflorestação da região Centro pode começar “imediatamente” se a ideia for reconverter a floresta para outro tipo de espécies, disse à Lusa um perito da Comissão Técnica Independente de análise aos incêndios de junho.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_4 span,#wpdevar_comment_4 iframe{width:100% !important;} […]

Nacional

Proteção Civil Municipal de Alfândega da Fé aposta na prevenção dos incêndios

[Fonte: Gazeta Rural]

Facebook
Twitter
Google+
Pinterest
WhatsApp


A prevenção dos incêndios rurais é uma prioridade do município de Alfândega da Fé. Nesse sentido a autarquia, através do Gabinete de Proteção Civil Municipal, está a implementar ações de sensibilização junto das populações e dos vários agentes locais para que, […]

Notícias florestas

​Queimadas só com GNR, bombeiros ou sapadores “de alerta”

[Fonte: Rádio Renascença]
Está previsto algum tipo de ajuda para os proprietários que tenham dificuldades em proceder à limpeza dos terrenos?
Há linhas de crédito abertas pelo Governo para apoiar quer proprietários quer municípios. Há outra questão, que é o que queremos fazer relativamente às causas das ocorrências. […]