Eletricidade Verde – Propostas da CONFAGRI foram atendidas

Eletricidade Verde – Propostas da CONFAGRI foram atendidas

Acaba de ser publicada a alteração ao Orçamento de Estado para 2020 (Lei 27-A/2020) que contempla algumas das propostas que a CONFAGRI vem apresentando, nomeadamente aquelas que se referem à redução dos custos energéticos para a produção agrícola e para as Cooperativas e Organizações de Produtores.

Assim, no referente às despesas de eletricidade envolvidas nas atividades  do setor, a denominada Eletricidade Verde, a referida Lei reforça o orçamento do IFAP, I. P. para assegurar a operacionalização do apoio aos custos com a eletricidade nas atividades de produção, armazenagem, conservação e comercialização de produtos agrícolas e pecuários.

O valor do apoio a conceder corresponde a 20 % do valor da fatura para as explorações agrícolas até 50 ha, ou explorações agropecuárias com até 80 cabeças normais e 10 % do valor da fatura para as cooperativas, organizações de produtores e restantes explorações agrícolas e pecuárias.

A CONFAGRI espera que a referida implementação destas medidas ocorra num curto espaço de tempo.

Comente este artigo
Anterior PAN vai propor direção-geral autónoma para proteção e bem-estar animal
Próximo A ANEB denuncia o oportunismo pernicioso do PAN

Artigos relacionados

Internacional

França ativa um fundo de emergência de 1.000 ME para agricultores

O primeiro-ministro francês, Jean Castex, anunciou hoje a criação de um fundo de emergência de mil milhões de euros para os agricultores afetados pelas geadas, que destruíram […]

Últimas

ASAE apreende leite cru com água oxigenada para fabrico de queijo

A ASAE, em articulação com a Unidade Regional do Centro, realizou ações de fiscalização junto de várias explorações pecuárias e apreendeu 830 litros de leite cru e 40 litros de água oxigenada, […]

Notícias inovação

InnovPlantProtect recebe prémio “Investimento que Marca”

Laboratório colaborativo de Elvas distinguido pela Vida Rural como “o investimento mais relevante no último ano no setor agrícola e agroindustrial”. […]