DS Smith na Alimentaria e Horexpo Lisboa 2019 com foco na sustentabilidade

DS Smith na Alimentaria e Horexpo Lisboa 2019 com foco na sustentabilidade

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

Na 15.ª edição da Alimentaria e Horexpo Lisboa, que decorreu de 24 a 26 de Março, a DS Smith promoveu o seu portefólio de embalagens e expositores em cartão, «que reflectem a visão da empresa em direcção à sustentabilidade». Em comunicado, a DS Smith refere que os visitantes do seu stand neste certame dedicado aos sectores da alimentação, distribuição e hotelaria puderam comprovar «o valor acrescentado que os produtos em exposição oferecem às empresas, não só ao tornar as marcas mais atractivas, ajudando-as a aumentar as vendas, mas também por questões de redução de custos e minimização dos riscos em toda a sua cadeia de fornecimento».

Segundo o comunicado, no stand da DS Smith estiveram em destaque as marcas Salesbox e Easydisplay – «expositores totalmente recicláveis que se caracterizam pela forte visibilidade, versatilidade e facilidade de implementação» – e «uma ampla gama de embalagens produzidas com as mais modernas tecnologias de impressão, desde digital e offset até à flexografia convencional ou de alta qualidade». Em paralelo, acrescenta o comunicado, a empresa também teve em exposição o seu produto Honeycomb, «inspirado na geometria dos favos de mel e com o qual é possível criar-se estruturas com uma elevada resistência».

Para a empresa, «todos estes produtos se apresentam como soluções vincadas pela originalidade e funcionalidade, ajudando muitos clientes a atingir os seus objectivos de vendas». A DS Smith sublinha ainda que foi a primeira vez que «participa num evento deste tipo após a compra da Europac, no passado mês de Janeiro».

Notícias relacionadas




Comente este artigo

O artigo DS Smith na Alimentaria e Horexpo Lisboa 2019 com foco na sustentabilidade foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior Oliveira da Serra vence Concurso Mario Solinas na categoria Frutado Verde Ligeiro
Próximo Madeira cria sistema de deteção de incêndios florestais com robots

Artigos relacionados

Últimas

João Galamba: “Especialistas da Finlândia vão fazer levantamento da biomassa existente”

[Fonte: O Jornal Económico]

João Galamba explica como é que o Governo vai promover novas fontes de energia renováveis florestais. […]

Últimas

Navigator quer usar bio-resíduos e atingir neutralidade carbónica até 2035

[Fonte: SAPO 24]

“O processo silvícola e industrial produz bio-resíduos – folhas, ramos, cascas – que sobram da parte ‘core’ […]

Últimas

Luz verde a las medidas de Bruselas para paliar el impacto de la sequía

[Fonte: Agropopular – UE]


En una reunión en comité, los Estados miembros de la UE han apoyado las propuestas que la Comisión Europea presentó […]