CULTIVAR – Cadernos de análise e prospetiva

CAPA  

N.º 15 | março 2019

BIOECONOMIA

pdf ebook

     
           
Cultivar13   

N.º 13 | setembro 2018

A CADEIA DE VALOR DO SETOR AGROALIMENTAR

pdf ebook

Cultivar14 capa   

N.º 14 | dezembro 2018

O EUCALIPTO

pdf | ebook Errata: Na pagina 98 onde se lê “33”, deve ler-se ”33(*)” (*) – titulares de certificado de gestão florestal (em 31 de janeiro de 2019 representam 2613 proprietários) | pdf rev

  • Secção III – Fichas de Leitura (pdf)
  • Referências Bibliográficas (pdf)
  • Versão integral do artigo “O eucalipto em Portugal: enquadramento técnico e legal” (ICNF) (pdf) 
           
Capa  

N.º 11 | março 2018

POPULAÇÃO E TERRITÓRIO RURAL

pdf | ebook 

  • Artigo integral “Entre o abandono e o idílio – representações sociais dos territórios rurais em Portugal” (pdf)
  • Artigo integral “Evolução histórica dos organismos no âmbito da administração pública florestal” (pdf)
Capa12  

 N.º 12 | junho 2018

ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS 

pdf | ebook 

           
Capa 9  

 N.º 9 | setembro 2017

GASTRONOMIA

pdf | ebook

Cultivar10    N.º 10 | dezembro 2017

TRABALHO NA AGRICULTURA E NOVAS TENDÊNCIAS LABORAIS

pdf | ebook

           
Capa 7  

 N.º 7 | março 2017

O RISCO NA ATIVIDADE ECONÓMICA

pdf | ebook

Capa 8

 

 N.º 8 | junho 2017

BIODIVERSIDADE

pdf | ebook

           
Capa 5  

 N.º 5 | setembro 2016

ECONOMIA DA ÁGUA

pdf  |  ebook

CapaCultivar6  

N.º 6 | novembro  2016

COMÉRCIO INTERNACIONAL

pdf  |  ebook

           
Capa 3  

 N.º 3 | março 2016

ALIMENTAÇÃO SUSTENTÁVEL E SAUDÁVEL

pdf  |  ebook

Capa 4  

 N.º  4 | junho 2016

TECNOLOGIA

pdf  |  ebook

           

Capa 1

 

N.º 1 | junho 2015

VOLATILIDADE DOS MERCADOS

pdf  |  ebook

Capa 2  

N.º 2 | novembro 2015

SOLO

pdf  |  ebook

 

O artigo foi publicado originalmente em GPP.

Comente este artigo
Anterior Primeiro-ministro ambiciona uma floresta que seja “um factor de riqueza colectiva”
Próximo Jungheinrich com novas soluções para a segurança dos armazéns

Artigos relacionados

Últimas

Áreas classificadas como pastagem permanente – pedido e/ou comunicação de alteração de uso

[Fonte: IFAP]
A classificação de uma área como pastagem permanente decorre dos dados declarativos do Pedido Único e é assumida sempre que uma parcela seja declarada por um agricultor candidato ao Regime de Pagamento base e essa área não se encontre em modo de produção biológico. […]

Últimas

Amanhã arranca a campanha de ervilha – Dardico continua a produzir alimentos para a europa

Apesar de todos os constrangimentos decorrentes do estado de emergência e da pandemia mundial do COVID-19, a DARDICO tem mantido a sua […]

Notícias florestas

OTI: Estudo Técnico – Recuperação da Mata Nacional de Leiria após os incêndios de outubro de 2017

OTI: Estudo Técnico – Recuperação da Mata Nacional de Leiria após os incêndios de outubro de 2017 […]