Cuidado com os tratores na rua!

Cuidado com os tratores na rua!

Na semana passada, uma pessoa amiga viu 5 tratores e reboques juntos numa estrada nacional aqui perto e pensou tratar-se de mais uma manifestação. Não era. Tratava-se apenas de uma equipa preparada para ensilar um campo de milho. As grandes ceifeiras automotrizes exigem vários tratores e reboques de grande dimensão para o transporte da silagem do campo até ao silo situado geralmente junto à vacaria.

Com o outono quase a chegar, chegou a época das colheitas. Milho silagem, milho grão, tomate, frutas… e uvas para vinho, um pouco por todo o país. Para a colheita usamos tratores, reboques e máquinas de todas as idades e dimensões, conduzidos por gente de todas as idades, mas sobretudo idosos. Os idosos que mantém o mundo rural vivo e a terra cultivada mantendo-se ocupados para se manterem ativos e juntar algum sustento à sua reforma.
Sendo veículos de marcha lenta, para serem vistos na estrada os tratores devem ter pirilampo, triângulo de sinalização e o sistema de iluminação a funcionar. Quando são novos todos funcionam, mas com a idade, a ferrugem, o pó e as vibrações as luzes dos tratores e reboques deixam de funcionar. Às vezes basta dar uma volta apertada com o reboque para o fio da ligação rebentar e deixarmos de ter luzes a funcionar mas temos de voltar para casa do campo, ou acabar a colheita porque passadas umas horas virá a chuva que pode estragar a colheita.
Há 30 ou 40 anos atrás, o meu pai costumava pedir ajuda do irmão mais novo, o meu tio David, por altura da silagem ou do feno. Ele trabalhava por turnos, muitas vezes de noite, a conduzir o camião de recolha do lixo e a lavagem de contentores e arranjava algum tempo para nos ajudar. Uma vez veio carregar feno e voltávamos a casa com o reboque cheio de feno, eu em cima do reboque e ele a conduzir o velhinho trator Fordson super dexta. As luzes de pisca do reboque não funcionavam e ouvimos uma reclamação: “ se essa m**** não está em condições de andar na estrada, que fique no campo!”. Foi só uma “boca”, mas eu fiquei muito envergonhado por o meu tio vir ajudar-nos e ainda ter que ouvir reclamações, de modo que por isso, porque temos de fazer muita estrada e não queremos problemas com a polícia ou acidentes, procuro ter a iluminação dos tratores a funcionar minimamente… exceto quando não há tempo para consertar…
Mais tarde, já conduzia, ia atrás de um pequeno camião que deu pisca à esquerda e fui ultrapassado por uma moto de um inteligente que foi bater no camião… felizmente sem danos de maior, pelo que me pareceu na altura. Levava capacete e ficou sentado no chão. E já apanhei sustos semelhantes a conduzir trator, assinalar mudança de faixa à esquerda, o carro de trás vê e respeita mas vem outro apressado atrás a ultrapassar todos…
O meu pedido é que todos tenhamos cuidado e paciência: cuidado na iluminação e condução com tratores, cuidado e paciência ao circular de carro, mota ou camião em estradas com tratores. Para podermos colher em paz e segurança o trabalho de um ano inteiro e chegarmos todos a casa, inteiros, com saúde e sem despesas.
#carlosnevesagricultor

O artigo foi publicado originalmente em Carlos Neves Agricultor.

Comente este artigo
Anterior Nem o Alqueva estancou o despovoamento do Alentejo
Próximo 53ª AGRO: Jornadas Técnicas de Inovação e Agricultura de Precisão - 16 de setembro - Braga

Artigos relacionados

Sugeridas

Eleições. Cristas aconselha ministro da Agricultura a “olhar para o país” antes de criticar CDS

A presidente do CDS aconselhou hoje o ministro da Agricultura a “olhar para o país”, na resposta ao Governo, que acusou Assunção Cristas de manipular os números sobre alegados atrasos na aprovação de candidaturas a fundos agrícolas. […]

Comunicados

Medidas de Investimento dos Programas de Desenvolvimento Rural e das Pescas – Notificações automáticas de audiências prévias via sistema de informação

Medidas de Investimento dos Programas de Desenvolvimento Rural e das Pescas – Notificações automáticas de audiências prévias via sistema de informação
Os beneficiários das operações aprovadas no âmbito das Medidas de Investimento dos Programas de Desenvolvimento e das Pescas passam a ser notificados automaticamente por e-mail, […]

Internacional

Despesas agrícolas da UE não tornaram a agricultura mais respeitadora do clima

De acordo com um relatório especial do Tribunal de Contas Europeu (TCE), o financiamento agrícola da UE destinado à ação climática não contribuiu […]