Covid-19: Plataforma apoia produtores e comerciantes de Coimbra

Covid-19: Plataforma apoia produtores e comerciantes de Coimbra

A associação CoimbraMaisFuturo lançou uma plataforma para apoiar os produtores e comerciantes do concelho, disponibilizando “um ponto de encontro virtual” com os consumidores face à pandemia da covid-19, foi hoje anunciado.

“A plataforma conta com uma página de internet onde os agricultores e comerciantes podem aceder ao formulário de registo e os consumidores (…) podem aceder à listagem de entidades que produzem ou comercializam produtos da mais diversa natureza, de que se destacam os agroalimentares“, refere a associação em comunicado.

Sob o lema “Sem sair de casa eu apoio a produção e o comércio local”, a ferramenta digital permite que as compras sejam “efetuadas com opção de encomenda antecipada e, na sua maioria, com opção de entrega ao domicílio”.

A iniciativa avançou “em articulação com a Câmara Municipal de Coimbra”, podendo os interessados aceder a ela através do endereço https://coimbramaisfuturo.wixsite.com/semsairdecasa .

Deste modo, a CoimbraMaisFuturo – Associação de Desenvolvimento Local “assegura um trabalho de retaguarda de forma a recolher e confirmar a informação dos produtores e comerciantes locais e a organizar e tornar pública aquela informação que se configura como mais relevante e essencial para quem quer comprar”.

“O desafio (…) é então o de apelar aos agricultores e aos comerciantes, que estejam em condições de o fazer, a registarem-se e aos consumidores que comprem produtos locais e comprem no comércio local”, segundo a nota.

Em Portugal, de acordo com o balanço da pandemia da covid-19 feito na sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 246 mortes, mais 37 do que na véspera (+17,7%), e 9.886 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 852 em relação a quinta-feira (+9,4%).

Dos infetados, 1.058 estão internados, 245 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 68 doentes que já recuperaram.

Continue a ler este artigo no Notícias ao Minuto.

Comente este artigo
Anterior Covid-19: Portugal emite menos 52 mil toneladas de CO2 por dia
Próximo Marcelo diz que “banca deve ao país”e chama banqueiros à presidência

Artigos relacionados

Nacional

Destruição do solo no Alentejo é galopante e só o adubo orgânico a pode parar

Primeiro, foram as campanhas do trigo a consumir o húmus dos solos do Alentejo. Agora as culturas intensivas vieram acelerar a erosão e colocar aos agricultores um desafio que exige resposta imediata: se não regressarem ao uso de fertilizantes orgânicos, […]

Nacional

Executivo municipal de Montalegre reune com nova direcção da Coopbarroso

O executivo municipal de Montalegre recebeu a nova direcção da Cooperativa Agrícola do Barroso (Coopbarroso), em funções desde 30 de Julho deste ano. […]

Dossiers

Abril finaliza con pocos cambios en los precios de las almendras

La estabilidad se mantiene en el mercado de las almendras, donde las cotizaciones apenas varían en las distintas lonjas y mercados nacionales. […]