Cotações – Suínos – 24 a 30 de maio 2021

Cotações – Suínos – 24 a 30 de maio 2021

Na semana em análise as cotações médias nacionais do porco classe E e do porco classe S apresentaram novamente um ligeiro acréscimo em relação à semana anterior (+3 cêntimos / kg). No caso dos leitões a tendência foi também de subida, quer para os animais de <12 kg (+2 cêntimos / kg), quer para os de 19-25 kg (+10 cêntimos / kg).

No Entre Douro e Minho a oferta e a procura de suínos para abate foram médias. Ligeiro acréscimo de cotações dos porcos classe E (+2 cêntimos / kg) e classe S (+1 cêntimo / kg).

Na Beira Litoral a oferta de suínos para abate foi relativamente fraca e a procura animada. A procura para exportação mantém-se muito animada. No que se refere ao leitão, a oferta foi relativamente fraca e a procura animada. A procura de leitão aumentou significativamente com a reabertura dos restaurantes. Há leitão a ser congelado a pensar no aumento da procura no período de férias e há também animais que continuam a ser canalizados para engorda. Acréscimo de cotações dos porcos classe E e classe S (+4 cêntimos / kg) e estabilidade dos leitões de <12 kg.

Na Beira Interior a oferta de suínos para abate foi relativamente fraca e a procura animada. As cotações dos porcos classe E e classe S subiram em relação à semana passada (+4 cêntimos / kg).

No Ribatejo e Oeste a oferta de suínos para abate foi relativamente fraca e a procura animada, principalmente para exportação. A oferta de leitão foi relativamente fraca e a procura foi animada, tendo a procura aumentado nas últimas semanas devido à reabertura dos restaurantes. Muitos leitões estão a ser canalizados para engorda. Acréscimo de cotações dos porcos classe E e classe S (+3 cêntimos / kg) e dos leitões de <12 kg (+8 cêntimos / kg).

No Alentejo a oferta de suínos para abate foi média e a procura relativamente animada. Subida de cotações dos porcos classe E e classe S (+7 cêntimos / kg). Acréscimo dos leitões de <12 kg apenas ao nível das cot. mín. e máx. (+26 e +17 cêntimos / kg) e dos leitões de 19-25 kg (+10 cêntimos / kg na cot. +freq.).

→ Aceda aqui às cotações ←

Comente este artigo
Anterior Live: A Agricultura não para - Novas formas comercialização produtos: Comércio Electrónico
Próximo Suinicultura: exportações aumentam 9,1% no 1º trimestre

Artigos relacionados

Últimas

Fruit Logistica 2020 tem Equador como país parceiro

O Equador vai ser o país parceiro oficial da edição de 2020 da feira internacional Fruit Logistica. Organizada pela Messe Berlin, […]

Últimas

Oferta de estágio – Engenheiro Agrónomo ou Florestal – Alcácer do Sal

Empresa de referência em Portugal na área Agro Silvícola, procura candidatos com interesse em estagiar no departamento Agrícola: […]

Últimas

Grupo RAR vende estufas de tomate

O Grupo RAR, que detém a marca Vitacress, vendeu as suas estufas de tomate em Portugal e Espanha e irá […]