Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 31 Dezembro 2018 a 6 Janeiro 2019

[Fonte: Agricultura e Mar - Cotações]

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Ovinos

As cotações médias nacionais dos borregos de <12 Kg sofreram uma redução em relação à semana anterior, -34 cêntimos / Kg. No que se refere aos borregos pesados, de 22-28 Kg e de >28 Kg, a tendência continuou a ser de estabilidade.

Na Beira Interior a oferta de borrego foi fraca na área de mercado da Guarda e relativamente fraca em Castelo Branco e na Cova da Beira; a procura foi relativamente fraca em Castelo Branco e média na Cova da Beira e na Guarda. Redução das cotações dos borregos de <12 Kg em Castelo Branco e na Cova da Beira (-50 cêntimos / Kg).

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta de borrego foi fraca na área de mercado de Coimbra e relativamente fraca em Viseu; a procura foi relativamente fraca em Coimbra e média em Viseu. A procura baixou em relação à semana anterior, o mesmo acontecendo às cotações dos borregos de <12 Kg, -1,0 EUR / Kg em Coimbra e -50 cêntimos / Kg em Viseu.

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta e a procura de borrego foram fracas. A procura caiu em relação à semana passada, o mesmo acontecendo às cotações dos borregos, -90 cêntimos / Kg para os de <12 Kg, -1,2 EUR / Kg para os de 13-21 Kg e -20 cêntimos / Kg no caso dos borregos de 22-28 Kg e de >28 Kg.

Alentejo

No Alentejo a oferta de borrego foi fraca na área de mercado de Beja, relativamente fraca em Évora e Estremoz e média no Alentejo Norte, Alentejo Litoral e Elvas; a procura foi média em Évora, Estremoz, Beja e Elvas e relativamente animada no Alentejo Norte e no Alentejo Litoral. As cotações dos borregos mantiveram-se estáveis nas seis áreas analisadas.

Em Trás-os-Montes a oferta de borrego foi média e a procura relativamente animada. As cotações dos borregos de <12 Kg e de 13-21 Kg mantiveram-se estáveis nas três áreas de mercado analisadas, Alto Tâmega, Terra Fria e Terra Quente.

Caprinos

Na semana em análise a cotação média dos cabritos de <10 Kg sofreu uma baixa em relação à semana anterior na região da Beira Litoral (-50 cêntimos / Kg); estabilidade destes animais na Beira Interior e em Trás-os-Montes.

Na Beira Interior a oferta de cabrito foi fraca nas áreas de mercado da Cova da Beira e Guarda e relativamente fraca na Sertã; a procura foi média nas três áreas referidas, tendo diminuído em relação à semana anterior. Apesar disso, as cotações dos cabritos de <10 Kg não registaram quaisquer alterações.

Na Beira Litoral a oferta de cabrito foi muito fraca na área de mercado de Coimbra e fraca em Viseu; a procura foi fraca em Viseu e relativamente fraca em Coimbra, tendo apresentado uma redução com a passagem das quadras festivas. Redução das cotações dos cabritos de <10 Kg nas duas áreas analisadas, Coimbra (cot. mín., máx. e +freq.) e Viseu (cot. mín. e cot. máx.), -50 cêntimos / Kg a -1,5 EUR / Kg.

Em Trás-os-Montes a oferta de cabrito foi média e a procura relativamente animada. As cotações dos cabritos de <10 Kg mantiveram-se estáveis nas três áreas de mercado analisadas, Alto Tâmega, Terra Fria e Terra Quente.

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta e a procura de cabrito foram fracas.

Quebra de cotações dos cabritos, -2,75 EUR / Kg para os de <10 Kg e -2,5 EUR / Kg no caso dos de >10 Kg.

No Alentejo a oferta de cabrito foi fraca na área de mercado de Estremoz e relativamente abundante no Alentejo Norte; a procura foi fraca em Estremoz e relativamente animada no Alentejo Norte. Estabilidade de cotações dos cabritos de <10 Kg e de >10 Kg nas duas áreas analisadas.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 31 Dezembro 2018 a 6 Janeiro 2019 foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações

Anterior EDIA disponibiliza Carta de Aptidão do Regadio
Próximo Exportações de calçado recuam pela primeira vez em oito anos

Artigos relacionados

Ofertas

Oferta de Emprego – Engenheiro Agrónomo (M/F) – Odemira

Empresa Agrícola em expansão pretende recrutar um Engenheiro Agrónomo (M/F), para trabalho de campo, em Hortícolas (estufa).

Dossiers

Pinheiros reais para ajudar causas reais: os bombeiros e a floresta

[Fonte: Anipla – fitotema]

Agora o Natal também tem cheiro a pinheiro fresco. Algo raro nos dias que correm, atendendo ao facto de que cada vez mais famílias têm optado pelas árvores de Natal artificiais, nomeadamente as de plástico. Ou talvez não, já […]

Dossiers

Oferta de Emprego – Engenheiro Agrónomo (M/F) – Palmela

A AVIPE – Associação de Viticultores do Concelho de Palmela procura estagiário para integrar no estágio IEFP com a duração de 9 meses.